NA 13 DE JULHO

Iran propõe eventos que resgatem Dia do Rock

“Já para Sergipe e para o município de Aracaju, especificamente, o dia 13 de Julho é assinalado pelas revoltas tenentistas que marcaram a história política nacional nesse dia", justifica Iran

Por Agência de Notícias CMA
14 jul 2017, 10h26

Nesta quinta-feira, 13, o Vereador Iran Barbosa (PT) apresentou na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), a Indicação 1.670/2017, propondo que o Poder Executivo, através da Fundação Cultural de Aracaju – Funcaju, adote todas as medidas necessárias com o objetivo de que a Administração Municipal organize, anualmente, no período que abrange o dia 13 de Julho, no bairro e calçadão do mesmo nome, eventos de caráter cultural, artístico e recreativo, comemorativo ao Dia Mundial do Rock e de resgate histórico do Movimento Tenentista em Sergipe, ambos lembrados na data que denomina o bairro.

Iran lembra que o dia 13 de julho é conhecido como Dia Mundial do Rock. A data celebra, anualmente, o rock enquanto movimento musical e cultural global importante dos séculos passado e atual, e foi escolhida em homenagem ao “Live Aid”, megaevento que aconteceu nesse dia, em 1985. A celebração é uma referência a um desejo expressado pelo músico Phil Collins, participante do evento, que gostaria que aquele fosse considerado o “dia mundial do rock”.

A curiosidade é que, apesar de se chamar “Dia Mundial do Rock”, a data só é comemorada no Brasil. Ela começou a ser celebrada em meados dos anos 1990, quando duas rádios paulistanas, especializadas em rock, começaram a mencionar a data em sua programação. A celebração foi amplamente aceita pelos ouvintes e, em poucos anos, passou a ser popular em todo o país. Hoje a data é referência para a celebração do rock, inclusive entre os artistas sergipanos e aracajuanos.

“Já para Sergipe e para o município de Aracaju, especificamente, o dia 13 de Julho é assinalado pelas revoltas tenentistas que marcaram a história política nacional nesse dia, em 1924, quando tropas rebeladas do Exército se entrincheiraram e minaram a barra à espera de possíveis forças legais que ameaçariam os rebeldes tenentes. Portanto, a minha propositura tem por objetivo unir este fato importante da nossa história ao Dia Mundial do Rock, no bairro que leva o nome da data, e celebrar esses dois momentos com eventos culturais, artísticos e educativos que evolvam os nossos jovens e a população de uma forma geral”, explica Iran Barbosa, que também é professor de História.

PARCERIAS
A Indicação de Iran, que foi apresentada na legislatura passada e está sendo reapresentada agora, sugere que a Funcaju busque parcerias junto às demais secretarias e órgãos municipais, bem como com outros órgãos federais e estaduais, na perspectiva de atender ao que nela está proposto. “Também estou sugerindo que, anualmente, no citado período, seja elaborada e executada uma programação cultural, artística e recreativa a ser desenvolvida nos diversos equipamentos públicos existentes no Bairro 13 de Julho, para comemorar o Dia Mundial do Rock, resgatar e discutir a história do Movimento Tenentista no Brasil e, especialmente, em Sergipe e Aracaju”, destacou.

O parlamentar também sugere que a programação cultural a ser elaborada inclua seminários temáticos que possam debater os principais problemas do Bairro 13 de Julho, com o intuito de apresentarem alternativas de solução para os mesmos, a partir da mobilização da população que se utiliza do bairro para residir, trabalhar e para outras finalidades a que serve a localidade.