YoutubeFacebookTwitterInstagram
Aparte
Author 4eb5c947b54eb69b
Jozailto Lima

É jornalista com 35 anos de experiência profissional. Antes do Cinform, trabalhou nos jornais Feira Hoje, Tribuna da Bahia, Jornal da Bahia, TV Subaé e Jornal de Sergipe.

Alese renova 50%, terá duas mulheres a mais e melhor representação do interior
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
0369f4a7bd5c1b02

Alese: Talysson de Valmir confirmou as expectativas e foi o mais votado

A composição da Assembleia Legislativa de Sergipe para a próxima legislatura terá algumas diferenças significativas na comparação desta que estará encerrando seu ciclo este ano. Para começar, ela vem mais renovada do que a composição feita em 2014.

Dos 24 deputados estaduais sergipanos, 12 serão estreantes nos mandatos: Talysson de Valmir, PR, com 42.046 votos; Maisa Mitidieri, PSD, com 35.707 votos; Ibrain Monteiro, PSC, 32.059; Iran Barbosa, PT, 26.961; Zezinho Sobral, Podemos, 25.764; Janier Mota, PR, 25.731; Adailton Martins, PSD, 22.400; Diná Almeida, Podemos, 20.168; Dilson de Agripino, PPS, 18.038; Kitty Lima, Rede, 18.008; Rodrigo Valadares, PTB, 15.221, e Dr Samuel Carvalho, PPS, com 14.216 votos.

Entre os antigos, foram reeleitos Jeferson Andrade, PSD, com 34.736 votos; Gilmar Carvalho, PSC, com 34.160; Luciano Bispo, MDB, 33.705; Zezinho Guimarães, MDB, 28.094; Dr Vanderbal, PSC, 26.054; Francisco Gualberto, PT, 24.637; Georgeo Passos, Rede, 23.355; Garibalde Mendonça, MDB, 22819; Goretti Reis, PSD, 21.306; Maria Mendonça, PSDB, 19.102; Luciano Pimentel, PSB, 16.907, e Capitão Samuel, PSC, 15.770.

Luciano Bispo, ex-presidente da Assembleia, foi reeleito. Ele comandou o Poder Legislativo Estadual nos quatro anos da atual Legislatura, ou seja, em dois períodos consecutivos. Sem dúvida, Luciano Bispo mostrou que sua liderança em Itabaiana continua forte - mas dali vieram mais dois outros parlamentares, o campeão de voto Talysson de Valmir e Maria Mendonça.

Aliás, o município de Itabaiana é representativo de uma outra mudança na composição do futuro Legislativo Estadual: uma melhor representatividade vinda do interior. O Talysson de Valmir representa esse aumento itabaianense.

Lagarto, que em 2014 havia eleito dois – Goretti Reis e Valmir Monteiro, mas estava com apenas um, porque Valmir tinha saído para ser prefeito – volta à mesma quantidade: agora com Ibrain, filho de Valmir, e Goretti.   

Adailton Martins e Dr Samuel Carvalho bem que podem entrar nessa dimensão, com o primeiro tendo a Barra dos Coqueiros por base e o segundo, Nossa Senhora do Socorro.

Cidades como Tobias Barreto e Itabaianinha, que já tiveram parlamentares na Casa e há anos estavam sem, agora voltam a ter: a primeira com dois, nas figuras de Diná Almeida e Dilson de Agripino, e a segunda com Janier Mota.

Outro traço de mudança: a bancada feminina aumentou de quatro para seis representantes, e agora é composta por Maisa, Goretti, Maria, Kitty, Diná e Janier. Diná Almeida, que concorreu pela primeira vez a um mandato eletivo, afirmou que, na Alese, vai honrar tudo com o que se comprometeu durante a campanha. “Todos em Tobias Barreto me conhecem e sabem que podem contar comigo. Vou honrar cada voto que me foi confiado”, garantiu Diná.

O radialista Gilmar Carvalho foi um dos deputados reeleitos. Discreto desde que deixou o rádio para ir à campanha, Gilmar falou à Coluna Aparte no sábado, 6, sobre o que esperava para o domingo. “Vamos ganhar, e bem, com fé em Deus”, assegurou Gilmar. E ganhou: foi o quarto mais votado.

“Eu não faço estimativa de minha votação. Só garanto que vou ganhar. Eu preferi passar a campanha toda em silêncio, porque aí ninguém mexe comigo, eu não mexo com ninguém, e as coisas acontecem. Mas estou seguríssimo de que meu projeto dará certo este ano”, completou.

Segundo Gilmar, isso ocorreu porque ele manteve consolidadas as alianças. “Todos os meus entendimentos políticos no interior foram mantidos. Quero reconhecer que Eduardo Amorim e André Moura cumpriram todos os acordos que fizeram comigo”, destacou.