Aparte
“Não acredito que haja o que comemorar” sob Temer
42adb99c0c6d06e8

Jorge Santana: setor empresarial se deixou cooptar

O engenheiro e empresário de TI Jorge Santana não acolheu as opiniões de Tarcísio Teixeira, ou de qualquer outro, sobre o bem-estar do desenvolvimento a partir do governo de Michel Temer. Ele chegou a fazer um post no tuíter sobre “o absurdo de empresários” comemorando bom tempo.

Para esta coluna, Jorge Santana produziu a seguinte reflexão. “Não acredito que haja o que comemorar.  Juros e inflação caem como consequência da severa recessão e pouco vai contribuir para a retomada do crescimento, que começa a se dar muito lentamente”, diz ele. 

“Acredito que, inadvertidamente, o setor empresarial se deixou cooptar e se tornou patrocinador e fiador da tese do “quanto pior melhor”, que criou as condições para a implantação da atual política econômica baseada no superado austericídio e que agravou sobremaneira o quadro recessivo”, diz Santana.