YoutubeFacebookTwitterInstagram
Aparte
Author 4eb5c947b54eb69b
Jozailto Lima

É jornalista com 35 anos de experiência profissional. Antes do Cinform, trabalhou nos jornais Feira Hoje, Tribuna da Bahia, Jornal da Bahia, TV Subaé e Jornal de Sergipe.

André Moura diz que Valadares quer limpar concorrentes do horizonte e disputar o Senado sozinho
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
8c648c079fed35a8

André Moura: o que tinha de pegar no senador Valadares, já pegou, porque ele votou no impeachment de Dilma

O deputado federal André Moura, PSC, e o senador Antônio Carlos Valadares, PSB, constituem a dupla com maior PIB de desavença política nesse processo eleitoral de 2018. Visando tirar proveito dos índices de impopularidade do presidente Michel Temer, o senador Valadares elegeu o deputado André Moura, líder do Governo no Congresso, como seu alvo preferido.

E faz dele seu saco de pancadas. Até deixou meio que de lado os oponentes mais clássicos, como Jackson Barreto e Belivaldo Chagas. André Moura recebe as cipoadas, acha que são injustas, e não se cala. Às vezes, devolve com o mesmo peso. Na semana passada, ele concedeu um longo depoimento à coluna Aparte sobre esse tema.

Num dos trechos, André desconstrói a premissa básica do senador: a de que Valadares passaria ao largo de Michel Temer. E aprofundou sua visão de que o senador estaria tentando apenas eliminar a concorrência e disputar a reeleição sozinho na oposição, com certeza líquida e certa de uma vitória para um quarto mandato.

“O senador Antonio Carlos Valadares não pode ter o discurso de que não aceita o deputado André Moura numa chapa majoritária da qual ele faça parte por causa de uma suposta rejeição do presidente Michel Temer. Que ninguém seja criança: se tiver uma rejeição em virtude de Temer, não é de Valadares. É minha. O líder do Governo sou eu, não é ele. “Ah, mas está na mesma chapa”, parece ser o discurso dele. Mas as pessoas sabem separar perfeitamente isso”, diz André.

“E é preciso que também fiquemos certos de uma coisa nesse discurso contra Temer do senador Valadares: o que tinha de pegar no senador Valadares, já pegou, porque ele votou a favor do impeachment de Dilma Rousseff. E isso ninguém vai tirar dele”, diz André.

Para André Moura, o cerne da questão não é bem este. Ele diz não ter dúvida de que o senador está entesando com o objetivo específico de afastar qualquer indício de concorrência na disputa pelo Senado. “É simples: ele quer ir para uma eleição na qual não haja disputa. Quando ele diz que não me quer na chapa por causa de Temer, não está falando a verdade. Não é nada disso. Isso é apenas uma desculpa. Na verdade, ele quer ir para uma eleição com garantias de que seja Eduardo Amorim o candidato a governador, ele a senador e eu a deputado federal. É só isso que ele quer”, diz.

“Antonio Carlos Valadares não fala tanto que eu não estou bem nas pesquisas? Então, qual o problema de disputar comigo também, um cara que não está bem nas pesquisas? A lógica do senador Antonio Carlos Valadares é a de limpar o horizonte para o projeto pessoal dele. É a de deixar livre para ele concorrer sozinho. Não tem nada a ver com Temer”, diz.