Aparte
Waldir Viana: governadores do NE falharam ao não ir ao encontro de Bolsonaro
52f25a5241b7dadf

Waldir: Sergipe tem problemas em todas as áreas  

O presidente da Executiva Estadual do PSL em Sergipe, Waldir Viana, em conversa com a Coluna Aparte esta semana, disse que os governadores do Nordeste - especialmente o de Sergipe, Belivaldo Chagas -, falharam ao não ir a encontro do presidente eleito Jair Bolsonaro, também PSL.

“Sergipe tem muitas demandas e estou a par delas, pois são coisas perceptíveis. Sou sergipano e conheço os nossos problemas”, diz Waldir. Para ele, a resolução dessas questões passará por uma boa interlocução com o Executivo Nacional e, por isso, os gestores erraram, pois não colocaram os problemas como prioridade.

“Temos a questão das áreas quilombolas, regiões de potencial turístico absurdo; o Projeto de Israel, que consiste na utilização da tecnologia de lá para acabar com os problemas de seca daqui, com o sofrimento das pessoas, pois água na torneira é cidadania. E eles parecem que não veem isso”, critica Waldir. 

“Falharam demais. E Sergipe tem problemas em todas as áreas. O sergipano está sufocado”, completa. Waldir tem uma pretensão de deixar o PSL “ok”, apto, sem pendências com a Advocacia Geral da União - AGU - para, assim, poder ampliar a atuação da sigla no Estado.

“Para fazer a boa política. A política do servir, porque o papel da política é o de transformar a qualidade de vida da população. Mas no momento é o do conchavo, da prática de peculato e, com isso, não existe melhoria. A saúde e a segurança não avançam. É um ciclo vicioso”, lamenta.

Com relação a essa queixa de Waldir Viana, de que os governadores nordestinos falharam ao não ter ido a um encontro com Jair Bolsonaro, o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, diz que é coisa do passado. Ele justifica que não foram porque no dia da convocação quatro dos nove estavam em viagens. “Mas todos teremos um relacionamento republicano com o presidente Jair Bolsonaro. Não tem porque ser diferente”, diz Belivaldo.