Aparte
O PP de Sergipe será presidido pelo empresário Fernando Carvalho
10dc7750b3e0f220

Fernando Carvalho: contribuição na medida das possibilidades

O deputado federal Laércio Oliveira percebeu, finalmente, que a sua rodilha tinha pouco pano para o peso do pote que ele intenta carregar - ou que já está carregando – neste ano de 2018 e passou a Presidência do PP de Sergipe para o seu amigo, sócio e quase irmão Fernando Carvalho.

Fernando Carvalho, que é um sujeito discreto e que gosta imensamente da política nos bastidores, não fez cara feia. Já está atuando em nome do PP. Para ele, não vai fazer muita diferença sair de trás das cortinas e assumir de frente a ribalta. Laércio Oliveira está crivado de projetos apertados para este ano.

Dois deles passam por processos eletivos definitórios para o futuro dele. Primeiro, eleger-se em setembro para a Presidência da Confederação Nacional do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo, que contempla o Sesc e o Senac. Segundo, reeleger-se deputado federal um mês depois, em outubro.

Laércio vai tentar cumprir essa agenda cumulativamente com o exercício da Presidência Fecomércio de Sergipe, que traz ainda o Sesc e o Senac, e é pré-requisito para a Presidência da Confederação Nacional do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo. Aqui nessas instituições, ele tem um parceiro forte na figura de Hugo França, que é o vice-presidente.

E para fazer fluir melhormente a agenda do PP, Fernando Carvalho assume o comando no Estado, embora Laércio tenha optado por esse partido com intenção de ele mesmo presidi-lo. “Eu acho que é a melhor solução e tentarei dar a minha contribuição na medida das minhas possibilidades”, diz Carvalho.