YoutubeFacebookTwitterInstagram
Aparte
Author bc92de88786c313d
Jozailto Lima

É jornalista há 36 anos, tem formação pela Unit e é fundador do Portal JLPolítica. É poeta.

Belivaldo Chagas reforça apoio a Edvaldo Nogueira e diz fazer questão de opinar na escolha do vice
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
F62a16dd2aec2002

Belivaldo Chagas: depois do carnaval, vai botar a sucessão dos municípios em pauta 

O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, PSD, nunca escondeu de ninguém que vai se somar ao processo de reeleição do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, sem partido por enquanto. Isso não chega a ser, jornalisticamente falando, uma novidade.

Mas em conversa com a Coluna Aparte nesta terça-feira, 11, o governador Belivaldo Chagas deu uma informação na esfera da sucessão de Edvaldo Nogueira que é, sim, novidadeira: a de que ele vai querer dar pitacos na escolha do pré-candidato a vice-prefeito na chapa do atual prefeito da capital.

“Estou lhe dizendo isso de primeira mão: de antemão afirmo aqui que quero participar do processo de escolha do pré-candidato a vice-prefeito de Aracaju. Pode dizer aí: “o governador Belivaldo Chagas faz questão de, juntamente com as demais lideranças, participar da escolha deste nome””, afirmou o governador.

“O meu pré-candidato a prefeito em Aracaju já está escolhido, mas reforço que quero participar da discussão do nome que vai compor com Edvaldo a chapa. E faremos isso com certo tempo, porque a escolha do vice não precisa ser em março. Pode recair lá para a reta final, em maio, junho. Mas quero fazer parte dessa boa discussão, dos que defendem a reeleição de Edvaldo Nogueira. Quero dar o meu pitaco. Não custa nada”, completou Belivaldo Chagas.

Apesar dessas afirmações, o governador de Sergipe disse que só vai cair nas águas do debate sucessório municipal de Sergipe depois do carnaval, que se encerra no dia 26 deste mês. “Eu só vou tratar efetivamente deste assunto após o Carnaval, mas admito que já estou conversando com muita gente e garanto que não vou lavar as mãos, em hipótese alguma, em relação à sucessão dos municípios de Sergipe”, diz ele.

“Por exemplo, meu pré-candidato em Aracaju já está mais do que declarado: chama-se Edvaldo Nogueira e ponto. Ele não terá nem meu voto pessoal, porque eu não voto em Aracaju. Sou eleitor de Simão Dias. Mas vou pedir aos amigos por Edvaldo. Veja a importância disso: não tenho pré-candidato ainda em Simão Dias, mas em Aracaju eu já o tenho”, diz.

“A sucessão dos municípios de Sergipe, eu vou esperar chegar as águas de março para começar a discuti-la Sergipe afora, iniciando por Aracaju. Vou me sentar com prefeitos, vices, vou me reunir com as lideranças que compõem o nosso agrupamento político no âmbito do Estado para que, juntos, a gente escolha as melhores opções para as disputas”, afirma Belivaldo Chagas.