Aparte
Émerson quer Cidadania disputando o máximo de Prefeitura, incluindo Aracaju
9a4e046d36e95199

Émerson Ferreira: de olho nas eleições municipais

Os presidentes das Executivas provisórias do Cidadania no Estado de Sergipe, senador Alessandro Vieira, e em Aracaju, ex-vereador Émerson Ferreira, estão trabalhando em todo o Estado com intenção de estruturar o partido e participar efetivamente da sucessão nos municípios de Sergipe em 2020.

“Nós não estamos pensando em nomes ainda. Mas estamos nos constituindo para que tenhamos candidatos a prefeito num número máximo possível de municípios de Sergipe e, entre eles, Aracaju”, disse nesta segunda-feira Émerson Ferreira.

“Especificamente em Sergipe, estamos em ação com a Executiva Estadual e com algumas municipais já estruturadas, contando com a de Aracaju, e estamos fazendo um planejamento com atividades semanais”, diz Émerson Ferreira.

“Primeiro, a de Aracaju nós estamos organizando administrativamente a questão de prestação de contas. Ainda hoje pela manhã eu estive em banco regularizando toda esta questão de mudança de titularidade de contas. O que fizemos? Como assumimos, enquanto grupo, o Estado de Sergipe recentemente, então a estadual fez uma reunião, destituiu todas as direções municipais, e já reconstituímos direções provisórias em mais de 10 municípios”, reforça Émerson.

O Cidadania herda o espólio do PPS. O Rede manteve-se ativado. “Fizemos um planejamento para que tenhamos uma reunião semanal para que possamos discutir temas relativos a Aracaju. Fizemos uma recepção para novos filiados do partido e estamos fazendo já para a próxima semana a escolha de um Grupo de Trabalho para pensarmos as eleições de 2020”, diz Emerson.

Além de contar com um senador, na figura de Alessandro Vieira, o Cidadania tem, ainda, uma vistosa bancada de deputados estaduais, como quatro nomes: Kitty Lima, Samuel Carvalho, Dilson de Agripino e Georgeo Passos.