Aparte
ETC & TAL - As razões de Negão de Carira para votar em Janier
616cfc8a88b1d6ff

Arodoaldo Chagas, o Negão: “Janier é nossa opção por uma questão regional"

O prefeito de Carira, Arodoaldo Chagas, o Negão, tem uma justificativa bem curiosa e meio afetiva para votar na pré-candidata Janier Mota a deputada estadual este ano. “Janier é nossa opção por uma questão regional. Ela é de Nossa Senhora da Glória, uma quase vizinha, embora esteja em Itabaianinha, e temos uma amizade pessoal de família”, diz Negão. Janier é vice-prefeita de Itabaianinha. Na campanha de prefeito em 2016, Negão recebeu muita assistência do deputado estadual Luciano Pimentel. E, apesar de não votar nele este ano, o prefeito acredita que ele se elege. “Luciano Pimentel é um bom nome”, conceitua. 

@ Pedrinho do chapéu de couro - O chapéu de couro que o deputado federal André Moura, PSC, usou no evento da quinta-feira com os prefeitos no Hotel Del Mar foi doado, de improviso, pelo prefeito Pedrinho de Balbino, de Tomar do Geru. Pedrinho ficou boa parte da solenidade com o chapéu nas mãos até que pediu para quebrar o protocolo, disse umas duas palavras e entregou o brinde a André, que o envergou.

@ Voto em família - O empresário e ex-secretário de Estado da Fazenda, Max Andrade, vai votar para governador no sobrinho Milton Andrade. Parece algo lógico.

@ Zezinho Guimarães X Itabaianinha - Thiago Carvalho, secretário de Educação de Itabaianinha e irmão do prefeito Danilo Carvalho, está seguro de que o deputado Zezinho Guimarães repete a performance eleitoral em 2018 de o mais votado no município. “Ele obteve em 2014 cerca de 9,2 mil votos. Este ano pode não ter isso, mas estamos contando que passe dos seis mil”, diz Thiago. Nove dos 13 vereadores de Itabaianinha que seguem Danilo vão votar em Zezinho. Na verdade, isso pesa. “Nós poderemos ter surpresa com relação a Zezinho de novo. Ele tem ajudado muito o município”, diz o prefeito Joaldo. O federal de Danilo vai ser Fábio Reis, MDB também.

@ Sinuca de bico na serra - Esta eleição deve gerar uma situação bizarra na vida dos Passos, em Ribeirópolis: pai, Antonio Passos, prefeito, e filho Georgeo Passos, deputado estadual, votando em dois candidatos a governadores diferentes. Passos está fechado com Eduardo Amorim. Georgeo, com Dr Émerson Ferreira. E até se o Rede fechar com o PSB, como está em vias, a sinuca de bico continua. A não ser que Georgeo não queria votar em Valadares Filho, mesmo apoiado pelo seu partido.