Aparte
Medalha JK deixa JB emocionado
955a56e898719b53

Jackson Barreto: “não imaginava que um dia estaria governador recebendo essa homenagem”

O governador de Sergipe, Jackson Barreto, PMDB, admitiu-se emocionado ao receber ontem na cidade de Diamantina, Minas Gerais, a Medalha JK, honraria entregue a políticos brasileiros na cidade e no dia em que nasceu o ex-presidente Juscelino Kubitscheck de Oliveira.
 
A medalha é uma das mais importantes condecorações conferidas pelo Estado de Minas Gerais. “Quanta emoção! Quem diria que um menino pobre, do bairro Cirurgia, nascido em Santa Rosa de Lima, nomeado por Juscelino Kubitscheck no Correios, estaria hoje em Minas Gerais recebendo do Governo a medalha do mérito JK”, disse JB.
 
“É uma bela e feliz coincidência para minha vida estar aqui, em Diamantina, ouvindo as lembranças de Juscelino. Obrigado, presidente JK, por aquele emprego que me deu a oportunidade na vida e por tudo que você fez por nosso país. Eu estou muito emocionado, porque não imaginava que um dia estaria governador do Estado recebendo essa homenagem", reforçou JB.
 
Além do governador Jackson Barreto, outros chefes de Estado também foram agraciados com a honraria: José Wellington Barroso (Piauí), Confúcio Moura (Rondônia), Robinson Faria (Rio Grande do Norte), Tião Viana (Acre) e José Pedro Gonçalves Taques (Mato Grosso).
 
As medalhas foram entregues pelo governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel. “Hoje, exatos 115 anos após o seu nascimento, lembramos e saudamos esse grande brasileiro, para nosso orgulho, conterrâneo dos mineiros, sem esquecer as vicissitudes pelas quais passou ao longo da vida”, disse Pimentel.
 
“Essa lembrança inspira a todos os brasileiros, em meio à tempestade que o país atravessa. E, para atravessar e vencer essa tumultuada quadra da nossa história, Minas oferece o exemplo de Juscelino. Com uma virtude, em especial, muito própria dos mineiros”, afirmou o governador Fernando Pimentel. Juscelino Kubitscheck nasceu em setembro de 1902.