YoutubeFacebookTwitterInstagram
Aparte
Author bc92de88786c313d
Jozailto Lima

É jornalista há 36 anos, tem formação pela Unit e é fundador do Portal JLPolítica. É poeta.

Eleição em Aracaju: “Se no entendimento do grupo, é o que querem, estou à disposição”, diz Kitty Lima
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
90b6ac02d91c31e0

Kitty Lima: “Cresci na política defendendo as causas de todas as formas possíveis”

Cogitada pelo senador Alessandro Vieira - presidente do Cidadania em Sergipe - para disputar a eleição para prefeita em Aracaju, conforme a Coluna Aparte divulgou na nota Eleição em Aracaju: Cidadania está dividido entre Danielle Garcia, Emília Corrêa, Dr. Emerson e Kitty Lima, a deputada estadual Kitty Lima informa que tomou como surpresa, mas não foge da raia.

“Realmente, é totalmente surpresa para mim ter sido citada. O reconhecimento tanto do grupo como dos eleitores é muito bom”, diz Kitty. Mesmo tomada pela surpresa, a parlamentar afirma estar à disposição do Cidadania para ser candidata a prefeita na Capital.

“Se nas pesquisas, se no entendimento do grupo e dos eleitores, percebermos que é o que querem, eu estou à disposição”, informa Kitty, que nunca vislumbrou na vida entrar na política - ela foi vereadora por um mandato e, antes mesmo de concluí-lo, virou deputada estadual. A parlamentar viu sua trajetória pública crescer de forma vertiginosa.  

“Eu tenho uma trajetória que é diferente de muita gente que está na política. Eu não tenho família com histórico na política, não tenho apadrinhamento, não tenho rabo preso com ninguém. Cresci na política defendendo as causas de todas as formas possíveis e de modo combativo. É o meu jeito. Falo o que tenho vontade. Acho que isso foi agradando”, justifica Kitty.

A parlamentar lembra que sua ascensão até a Assembleia Legislativa de Sergipe - Alese - ocorreu devido a pedidos do povo. “Quando eu era vereadora, a população e o grupo chegou junto e disse: “queremos que você vá para deputada” e a gente seguiu e foi”, ressalta.

Mas, mesmo não fugindo do fato de poder vir a ser candidata do Cidadania na eleição da Capital, Kitty esclarece que hoje sua preocupação maior não é a escolha do seu nome ou de outro nome do partido para disputar o pleito e sim a unidade e o fortalecimento do seu grupo político.

“O que eu quero que todos entendam é que hoje não estamos preocupados em discutir nome e, sim, trabalhar em conjunto para que, quando estivermos na hora certa, tenhamos um grupo unido e focado para estar junto de quem for o escolhido”, afirma a deputada.

Para Kitty, o Cidadania tem hoje quatro boas opções com plenas condições de disputar a eleição em Aracaju. “É um partido que tem quatro nomes que estão fortes e bem. Estamos feliz com o desenvolvimento de todo o nosso grupo. Nossa força de união ninguém toma”, destaca.