YoutubeFacebookTwitterInstagram
Aparte
Author bc92de88786c313d
Jozailto Lima

É jornalista há 37 anos, tem formação pela Unit e é fundador do Portal JLPolítica. É poeta.

Familiares de servidores públicos da saúde mortos por Covid-19 receberão pensão e seguro
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
21cf8b209d65e615

Gualberto: Belivaldo pode ter sido pioneiro

Os deputados estaduais de Sergipe aprovaram um projeto de lei do Executivo considerado por Francisco Gualberto, PT, como de “extrema sensibilidade do governador Belivaldo Chagas”.

Trata-se do projeto que dispõe sobre o pagamento de seguro e de pensão especial aos dependentes de profissionais da saúde que tenham atuado no combate à Covid-19 e falecido em razão disso.

Na prática, o projeto concede o seguro e pensão especial para familiares de servidores e empregados públicos efetivos, bem como para funcionários contratados pela administração estadual para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público, garantindo benefícios financeiros em caso de morte em consequência da atuação no combate à Covid-19.

“Parabenizo o governador Belivaldo Chagas e sua equipe pelo envio do projeto a Alese. Inclusive vou verificar se em outros Estados já existem projetos semelhantes a esse. Não tenho esse conhecimento. Se tiver, o governador acertou porque trouxe para cá algo muito bom, e se não tiver o nosso governador é um pioneiro, um vanguardista neste modelo de sensibilidade”, assegura Francisco Gualberto.

O parlamentar diz que o projeto aprovado garante amparo às famílias de trabalhadores da saúde que estão na linha de frente e são diariamente expostos aos riscos de contaminação pelo coronavírus. “Não tenho nenhuma dúvida de que todos esses profissionais de ponta que estão dentro das unidades de tratamento da Covid-19 estão contemplados pela lei. Portanto, não existe a questão de que um médico da UTI irá receber o benefício e o enfermeiro ou fisioterapeuta, não. Todos os profissionais de saúde estão amparados”, disse o deputado.