YoutubeFacebookTwitterInstagram
Aparte
Author bc92de88786c313d
Jozailto

Jozailto Lima é jornalista há 36 anos, tem formação pela Unit e é fundador do Portal JLPolítica. É poeta.

Francisco Gualberto: “Temos a obrigação de preservar e defender a imagem do Poder Legislativo”
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
110298d58df338a5

Francisco Gualberto: “Estamos na direção de uma instituição da maior relevância para a democracia em Sergipe, no Brasil e no mundo”

Por Gilson Sousa

Mais do que nunca, Francisco Gualberto, PT, está preparado para assumir mais um mandato de deputado estadual na Assembleia Legislativa de Sergipe. Esse será o quinto. Mas dessa vez, como vice-presidente da Casa, eleito na tarde desta sexta-feira, 1° de fevereiro, na chapa encabeçada pelo deputado Luciano Bispo, MDB.

Durante três mandatos consecutivos, Gualberto foi líder da bancada de governo, cumprindo a missão nas gestões Marcelo Déda, PT, Jackson Barreto, MDB, e Belivaldo Chagas, PSD. “Do ponto de vista da satisfação pessoal, esse momento é muito importante. Mas no aspecto da política, a minha responsabilidade aumenta”, disse o parlamentar.

Aos 62 anos de idade, natural de São Cristóvão, SE, Gualberto encara o novo desafio com grande responsabilidade. “Continuo como deputado da bancada do governo, defendendo o meu projeto, defendendo os interesses do povo sergipano, da classe trabalhadora e contribuindo com o desenvolvimento do estado de Sergipe. E ao mesmo tempo faço parte da Mesa Diretora da Casa numa posição na qual temos a obrigação de preservar e defender a imagem do Poder Legislativo. Portanto, a imagem de todos os companheiros que compõem aquela Casa”, diz ele.

A eleição da Mesa Diretora foi um capítulo à parte na sessão de posse dos novos deputados estaduais, ocorrida em clima de festa no plenário da Alese. Duas chapas, ambas encabeçadas por governistas do mesmo partido, disputaram o pleito.

A chapa derrotada por 14 votos a 7 teve como candidato a presidente o deputado Garibalde Mendonça, MDB, ex-vice-presidente da Casa. “O fato de ter sido convidado a participar da chapa vencedora e ter sido acolhido no voto por 14 deputados (dos 24) também pode significar claramente que fizemos, ao longo do tempo, um trabalho que mereceu a confiança de todos”, diz Gualberto.

“Nós tivemos situações diversificadas nesta votação, pois tem deputados que estão entrando agora na Assembleia e não conviveram com a gente. Outros conviveram e, mesmo os que votaram na chapa 2 (7), não significa que tenha acontecido nenhum estremecimento. A disputa faz parte da democracia dentro e fora do plenário”, garante Gualberto.

“Eu, com meus companheiros, estamos na direção de uma instituição da maior relevância para a democracia em Sergipe, no Brasil e no mundo. Aliás, no mundo inteiro os parlamentos são plurais, democráticos e representativos. Por isso que no conteúdo político a disputa acontece com naturalidade. Faz parte da democracia, pois cada um defende aquilo que acredita enquanto visão de Estado, de país, de mundo”, analisa Gualberto.

“E eu continuarei defendendo minhas convicções e com a postura que demonstrei aqui ao longo de quatro mandatos, nos quais fiz oposição muito clara no primeiro, e nos demais liderei os governos (dois de Marcelo Déda, um de Jackson Barreto, além do período em que Belivaldo Chagas assumiu). Acredito, sem falsa modéstia, que deixo a liderança do governo com a sensação de dever cumprido. E espero dar o melhor de mim neste novo momento que me espera a partir de 15 de fevereiro aqui na Assembleia Legislativa de Sergipe”, reforça

Na sua trajetória política, Francisco Gualberto foi eleito vereador por Aracaju em 2000. Na eleição para deputado estadual em 2002, ficou na segunda suplência, mas assumiu o mandato ainda em 2003. Em 2006 foi reeleito deputado estadual com 16.700 votos. Foi novamente reeleito em 2010 com 22.220 votos. Em 2014 voltou a ser reeleito com 25.405 votos. Na última eleição, em 2018, foi mais uma vez reeleito com 24.637. Além de Luciano Bispo e Gualberto, a nova Mesa Diretora da Alese para o biênio 2019/2020 é composta por Jeferson Andrade, PSD, 1º Secretário; Luciano Pimentel, PSB, 2º; Capitão Samuel Barreto, PSC, 3º; e Maysa Mitidieri, PSD, 4ª secretária.