Aparte
Pastor Eduardo Lima é uma aposta real da IURD para chegar a Alese
452d3ae0d9d846bd

Eduardo Lima: candidatura com foco em mandato social

Aos 37 anos, com 24 de igreja e seis de Sergipe, o baiano de Salvador Eduardo Lima, PRB, é a aposta da Igreja Universal do Reino de Deus – IURD - para voltar a ter uma representação na Assembleia Legislativa de Sergipe. E parece que escolheu bem.

Pragmático, com uma linha carismática bem definida, Eduardo Lima percorreu muito Sergipe em seus seis anos de Estado e quer chegar ao Parlamento estadual escudado em alguns projetos sociais pertinentes. Sempre na linha da família e da educação.

“Eu tenho projetos, e um deles é no campo da assistência às famílias que sofrem com jovens entregues às drogas. No campo dos jovens que vivem na criminalidade. Como pastor, a gente já trabalha muito nisso”, diz Eduardo Lima.

“Aqui em Sergipe eu percebo que o Estado não tem uma ação forte neste campo. Veja: este adolescente que matou a policial militar que atuava na Alese é fruto da falta de uma política dessa natureza. Eu vou levar para a Alese a bandeira da defesa disso. Vou tratar disso”, compromete-se o religioso.

Mas Eduardo Lima diz que terá, também, foco nos problemas da educacionais do Estado - de novo, tendo a juventude por alvo. Voltado para a pessoa que estuda e para a escola, no aspecto físico. “A outra bandeira que vou defender muito é a da educação. Vou defender na Alese a necessidade de mais ensino integral no Estado”, diz ele.

“Farei a defesa da importância de se qualificar bem os professores, de dar uma assistência aos alunos em sala de aula não somente através da qualificação desses professores, mas contemplando-os com mais tecnologia e garantindo uma melhor estrutura física às próprias escolas”, reforça Eduardo.

Ele conhece o peso e a importância da educação na sua própria pessoa: chegou ao último semestre do curso de Sistemas para Internet na Faculdade Maurício de Nassau, em Salvador. Mas parou. “Não terminei a faculdade para vir ser pastor em Sergipe. Larguei no último semestre. Tranquei para servir ao Ministério do Altar”, diz.

Em Sergipe, Eduardo Lima foi pastor em cidades como Itabaiana, Salgado, Cristinápolis, Aquidabã, Barra dos Coqueiros e Aracaju - no Santos Dumont. Neste momento, é lotado na sede da IURD, mas está órfão de púlpito. Foi liberado para cuidar apenas da pré-campanha e depois da campanha. “A minha meta é a de ter entre 20 e 25 mil votos”, diz. Será que chega lá?