Aparte
Acidente com Talysson, de Itabaiana, não causa danos pessoais. Mas carro pode dar perda total
99bdc8c9ea5ba13d

Talysson Costa: valeu-se dos conhecimentos técnicos de autoescola

Não passou de um grande susto para a pessoa do jovem Talysson Costa, de Itabaiana, o acidente no qual ele se envolveu por volta das 16h30 desta segunda, na BR-235. Aliás, talvez mais certo seja dizer “um acidente no qual ele não se envolveu”.

Talysson é filho do prefeito de Itabaiana Valmir de Francisquinho e saiu ileso da ocorrência. Já o carro. À altura do povoado Cafuz, Talysson, que ia em direção a Itabaiana, teve que sair bruscamente da estrada e cair no canavial para desviar de um Ford Ranger que se dirigia a Aracaju. Não capotamento.

Segundo Talysson, há suspeita de que a mulher que guiava um Ford Ranger - uma empresária itabaianense, que iria pro Aeroporto de Aracaju pegar um avião com destino a São Paulo - tenha cochilado ao volante e invadido a pista em que ele vinha. Deliberadamente, ele teve que retirar a Hilux que pilotava, descer a ribanceira e cair no canavial.

“Mas não sofri nenhum arranhão. Na verdade, para não capotar, eu segurei muito a direção. Me vali dos conhecimentos que tenho da autoescola. A gente pensa que não vale, mas quando chega a hora da necessidade é que se vê quanto vale o conhecimento”, diz Talysson. Sequer foi conduzido a um hospital. Ele administra uma autoescola da família.

Já o carro dele sofreu profundas avarias e pode até dar perda total.  “Esbagaçou todo. Quebrou tudo. Embaixo, na frente. Para-choque, capuz, para-brisa, farol. Empenou até a coluna. Eu acionei o seguro. O guincho foi buscar, mas o rapaz da seguradora aqui não me informou ainda se vai ter perda total. Estou aguardando a confirmação. Pelas fotos que vi, creio mesmo que vai dar perda total”, diz Talysson.

Segundo Talysson, depois do acidente, a mulher que deu origem a tudo - “desviei para não bater de frente e causar uma tragédia”, diz ele -, parou, viu a cena de tudo e entrou em desespero. No finalzinho da tarde, o esposo dela lhe visitou em casa, enquanto se preparava para ir fecha o expediente da autoescola.