YoutubeFacebookTwitterInstagram
Aparte
Author 4eb5c947b54eb69b
Jozailto Lima

É jornalista com 35 anos de experiência profissional. Antes do Cinform, trabalhou nos jornais Feira Hoje, Tribuna da Bahia, Jornal da Bahia, TV Subaé e Jornal de Sergipe.

Jairo diz que Adailton faz “política baixa e rasteira” com o DER
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
52c3d9fa2d7a97c7

Jairo Santana “Pode dizer aí: discurso de Jairo custou a cabeça Adailton Martins”

A bem da prudência, e da calmaria, óbvio, convém não se convidar para um mesmo regabofe, sobretudo se tiver que pegar uma das estadas sergipanas, o deputado estadual Jairo Santana, o Jairo de Glória, e o engenheiro civil Adailton Martins, diretor de Operações do DER - Departamento Estadual da Infraestrutura Rodoviária.

Nesta segunda-feira, Jairo, que é um governista, subiu à tribuna da Alese e falou grosso contra o Governo do Estado. Na verdade, contra o DER. Na verdade II: contra a figura pessoal de Adailton Martins. Jairo disse que o Estado não dá a menor atenção às estradas do sertão, pelas quais ele tem se esgoelado em pedidos de recuperação.

Depois que terminou a fala, Jairo dirigiu-se ao titular desta coluna e ditou, em tom humorado, uma sugestão de notícia: “Pode dizer aí: discurso de Jairo custou a cabeça Adailton Martins, diretor de Operações do DER. Porque é inadmissível ele usar a estrutura do Estado para fazer política, enquanto o povo está sofrendo”.

Na verdade, aqui tem um caroço visível debaixo anguzinho: com 32 anos de DER, Adailton Martins, diretor de Operações desde o primeiro Governo Déda, foi convencido pelo irmão, o prefeito da Barra, Airton Martins, a botar a cabeça de fora e disputar um mandato de deputado estadual ano que vem.

Não que as rodovias de Sergipe estejam boas. Estão um caos - a situação delas foi pauta da Reportagem Especial deste portal neste final de semana, como o título “Péssimas estradas comprometem o ir e vir do sergipano”. A reclamação de Jairo, portanto, está certa. Mas, sem exagero, a condição de pré-candidato de Adailton incomoda tanto ou mais do que a buraqueira das estradas do sertão.

“A administração do DER mudou agora e só atende na Barra dos Coqueiros. O que estão fazendo com o DER é política baixa e rasteira. O DER não atende os pedidos dos vereadores e dos aliados do Governo do Estado no Sertão, porque os maquinários do DER estão à disposição daqueles que querem fazer política para ocupar uma vaga aqui na Assembleia Legislativa”, disse Jairo, a plenos pulmões.

“Me desculpe senhor Carlos Vasconcelos, mas é preciso que o senhor tire a bunda e o traseiro da cadeira e vá olhar as estradas do sertão”, disse Jairo, dirigindo-se ao diretor-presidente do DER.

“Eu sei que o senhor tem reclamado que o Estado está sem recursos. Mas tem um cidadão que está operando em todo o Estado de Sergipe com as máquinas do DER. Eu, como deputado, não tenho prestígio de botar sequer um quebra-molas no sertão que foi pedido há mais de dois anos aqui nesta Casa”, disse Jairo.

“Meus requerimentos não irei fazer mais dirigidos ao DER, nem a esta Casa. Vou entregar agora na cidade vizinha da Barra dos Coqueiros”, disse Jairo. Sobre o assunto, falaram os deputados Georgeo Passos, Gustinho Ribeiro e Zezinho Guimarães. Todos se queixaram da péssima situação das estradas.