Aparte
Reportagem Especial: maconha para uso médico é legal ou não?
31a846d396ce9d0e

Uso da substância ainda é polêmico, caro e incerto

Na semana passada, ao acatar a sugestão de liberação do uso da cannabis medicinal e do cânhamo industrial, popularmente conhecida como maconha, o Senado deu um passo significativo para tornar efetivo o tratamento à base da substância dessa planta.

Na Reportagem Especial da semana, o JLPolítica vai abordar as questões – médicas, obviamente, jurídicas e sociais. Um dos entrevistados é o senador Alessandro Vieira, Cidadania, que foi relator da votação no Senado na última semana e votou favoravelmente à liberação da planta para uso médico.

“Resumidamente, ela propõe a liberação, sob regulamentação da Anvisa, de remédios produzidos a base de cannabis. Ela não aceita autocultivo ou consumo recreativo. Só a produção regulada de remédios”, ressalta Alessandro. Já o médico Henrique Batista, integrante do Conselho Regional de Medicina de Sergipe, não vê segurança na utilização da maconha.

“A entidade tem uma compreensão muita clara que do ponto de vista de segurança do paciente de que a proposta de regulamentação do plantio da maconha - Cannabis sativa ,- cultivo da planta em casa ou outro ambiente privado de laboratório poderá trazer danos para a população”, destaca.

O JLPolítica também ouviu outros especialistas, como oncologistas, advogados e pesquisadores. A Reportagem Especial sobre o tema estará disponível no domingo, 6, a partir das 20h.