Aparte
Marcone Perillo vem pedir voto de Sergipe para presidir o PSDB
64f2e0af91ea527b

[00:12, 14/11/2017] Joza: Eduardo Amorim: acessado por Marcone Perillo em busca de voto

A briga pelo comando nacional do PSDB, depois da destituição por Aécio Neves de Tasso Jereissati do comando provisório, está acirrada. Tem-se hoje duas candidaturas para a convenção, que acontece dia 9: Tasso Jeiressati, senador do Ceará, e Marcone Perillo, governador de Goiás.

Neste menos de um mês que resta para a eleição, os dois vão correr o Brasil em busca de votos da tucanada. Nesta sexta próxima, Perillo baixa em Aracaju com suas tralhas. “Vem tomar o café comigo. Vem só para Sergipe. Vem e volta”, diz o senador Eduardo Amorim, reconfirmado sábado como presidente da Executiva Estadual de Sergipe do PSDB.

Marcone Perillo vai cumprir apenas o papel formal, porque ele sabe da queda que Eduardo Amorim tem pela candidatura do cearense. “Todo mundo sabe da relação que eu tenho com o Tasso Jereissati. Uma relação de admiração, mas vamos ver”, diz. Perillo vai renunciar ao Governo para ser candidato ao senador lá por Goiás em 2018. Ele está no quarto mandato de governador