Aparte
É falsa a intervenção na Executiva do PTB de Sergipe pela Executiva Nacional
E410f446ee69741c

Rodrigo Valadares: não foi desbancado

No final da tarde desta quarta, 11, circulou nos grupos de zap, desgarrado de link de qualquer site sério e recomendável - há alguns por aqui -, um comunicado de que fora determinada uma espécie de intervenção na Executiva Estadual do PTB de Sergipe pela Executiva Nacional, retirando Rodrigo Valadares do comando e empossando o primeiro suplente de sanador de Eduardo Amorim, Laurinho Menezes.

Leia o que dizia a nota: “Primeira mão: o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, ligou para o presidente do Diretório Estadual, Rodrigo Valadares, e o desautorizou a fazer coligação PTB/PSB em Sergipe. A legenda deverá passar para o controle do empresário Laurinho Menezes aqui em Sergipe. A briga esquentou entre eles. É nitroglicerina pura”.

Ouvido pela Coluna Aparte, o empresário e suplente de senador Laurinho Menezes, pré-candidato a deputado federal por esse partido, não chancelou o boato. Não confirmou a “nitroglicerina pura”. Mais do que isso: negou-o. “Não discutimos em nenhum momento esse tema”, disse ele.

Rodrigo Valadares está excluído? É uma intervenção?, perguntou-lhe a Coluna. “O presidente estadual continua prestigiado”, emendou ele, usando a mesma expressão de Roberto Jefferson, presidente nacional da sigla, que negou veracidade ao burburinho num áudio mandado a Rodrigo.

Diante do boato aberto, Laurinho saiu com uma nota mais formal. “Meu amigo há mais de 40 anos, o líder do PTB no Senado, senador Armando Monteiro, fez uma visita de cortesia à sede do partido em Brasília comigo e com Betinho ao presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. Foi uma conversa descontraída e amistosa sobre vários temas de interesse nacional”, diz ele.

Rodrigo também se manifestou. “Verdade nenhuma. Desmentindo a todos os boatos, com a palavra o presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson”, disse ele, seguido do áudio em que Jefferson nega tudo.

“Ô Rodrigo, desmente. Você diz que ele (Laurinho) esteve aqui para se apresentar que toma posse como senador amanhã e veio junto com o líder, senador Armando Monteiro, e o Betinho, ex-presidente do PRP”, diz Jefferson. Esta visita foi na terça.

“Mas ele não veio para desautorizar nada. Não houve esta conversa. Você pode desautorizar. Ele veio se apresentar como senador do PTB e eu o recebi. Você está absolutamente prestigiado na Presidência do partido”, disse o presidente nacional. E aí?