Aparte
TCE não vê erro na contratação de Agnaldo Timóteo para show exclusivo
Dd1f692c54cca9d2

Clóvis tenta justificar a contratação de Agnaldo Timotéo

A propósito da nota estranhando a contratação de um show de Agnaldo Timóteo pelo presidente do Tribunal de Contas de Sergipe, Clovis Barbosa, a coluna Aparte recebeu a seguinte nota da Diretoria de Comunicação do TCE/SE, assinada pelo jornalista Marcos Cardoso. A seguir, na íntegra. 

"Caro Jozailto, a resposta à sua crítica, de certa forma, está contida no seu texto, quando você mesmo observa o quão exitosa é a gestão de Clóvis Barbosa à frente do Tribunal de Contas, onde imprime a marca do rigor na fiscalização das contas públicas, da transparência e igual rigor nas próprias contas do órgão de controle. 

E onde está o não-republicanismo de se contratar um artista para animar uma homenagem a servidores, se o TCE tem feito isso com frequência, já que apoiador de diversas manifestações culturais, e se faz o dever de casa que lhe permitem as condições necessárias para isso? 

Frise-se que a homenagem não foi só para 30, mas para todos os servidores do TCE, que ficaram imensamente satisfeitos, inclusive com o anúncio feito naquele dia de que terão reposição de perdas salariais de 7,36% a partir deste mês.

Quanto a prefeituras ou outros jurisdicionados, não existe proibição de fazer festa, a não ser que estejam com os salários dos servidores em atraso, como prevê resolução do próprio TCE, que agora é rigorosamente cumprida, até por órgãos federais".