Aparte
Pré-candidato a prefeito de Propriá vê moleza em Iokanaã Santana
Cfc871339b2ea092

Aelson Publicidade: incendiando a sucessão de Propriá

O pré-candidato a prefeito da cidade de Propriá, vereador e presidente da Câmara Municipal José Aelson Publicidade, PSD, critica o prefeito da cidade, Iokanaã Santana, PSB, pela falta de força política para barrar projetos políticos e eleitorais de aliados de primeiro escalão dele.

Um caso concreto seria o do secretário municipal de Educação, Rafael Sandes, que, à revelia do prefeito, estaria se lançando pré-candidato à sucessão municipal.

“O prefeito de Propriá diz é candidato à reeleição, mas não consegue conter nem seu secretário de Educação, que também se diz candidato a prefeito. É o Rafael Sandes. Ele está trabalhando nos bastidores contra o próprio prefeito”, afirma Aelson Publicidade.

“O Rafael é de Propriá e um menino sem chance nenhuma. Apenas cismou que quer ser candidato. Ele nunca foi nada, nunca disputou nada e não tem nenhum respaldo da sociedade para ser candidato a prefeito. Agora, Iokanaã não tem nem moral para tirar o cara (da Pasta). A indicação dele para a Secretaria foi da primeira-dama, Helena Iokanaã”, afirma Aelson Publicidade.

Como pré-candidato a prefeito, Aelson Publicidade diz que bota fé na dupla de apoiadores de seu projeto, os deputados Jeferson Andrade, estadual, e Fábio Mitidieri, federal, ambos do seu partido, além de em Belivaldo Chagas.

“O governador Belivaldo Chagas me disse que eu tocasse o pau pra frente. Me disse: “Siga o seu caminho e lá na frente a gente conversa”. Eu coordenei a campanha dele em sete cidades aqui na região. Eu me ferrei, derramei meu suor, cumpri o meu papel e a minha missão”, diz Publicidade.

“Não tenho indicação no Governo nem brigo por cargos, e agora que a sociedade me quer, eu vou parar? Sou do PSD e vou continuar na luta. Aliás, José Carlos Felizola (Casa Civil) disse para mim que em Propriá o PSD é a prioridade. Eu garanto uma coisa: nós vamos eleger aqui o prefeito do PSD. Eu confio em Deus que isso vai acontecer. E espero que seja com Aelson Publicidade. Tudo passa pelo Galeguinho, mas tenho certeza de que ele não vai impor nada”, afirma o vereador.