Aparte
Maria do Carmo vai editar biografia “José Rollemberg Leite - Trajetória de um homem público”
Ea25029bb0599d5a

Maria do Carmo: “José Rollemberg Leite precisa ter sua memória preservada”

A senadora Maria do Carmo, DEM, agiu rapidamente e vai patrocinar a edição da biografia “José Rollemberg Leite - Trajetória de um homem público”, livro escrito pelo economista Dilson Barreto.

A parlamentar tomou esta decisão depois de ler nesta coluna a nota “Biografia “José Rollemberg Leite - Trajetória de um homem público” está pronta e espera apoio”, publicada no dia 22 de outubro.

Uma correspondência de Dilson ao autor desta coluna virou uma espécie de artigo, devidamente consentido por ele, no qual dava conta do estágio da obra e falava da necessidade de que alguém a patrocinasse.

“Prezado amigo Jozailto Lima. Como você sempre procurou saber, tenho a alegria de comunicar-lhe que depois de longos cinco anos de trabalho, com algumas interrupções no percurso, finalmente concluí o livro “José Rollemberg Leite - Trajetória de um homem público”, sobre o engenheiro e ex-governador José Rollemberg Leite (1912-1996)”, dizia Dilson.

“Acho que ficou muito bom. Pelo menos é também a opinião do neto dele, a quem submeti os originais. Falta fazer a revisão ortográfica, que já estou providenciando e, o que é mais importante, encontrar uma empresa ou empresário que, tendo convivido com Dr. José, se disponha a patrocinar sua publicação”, completava Dilson.

No mesmo dia 22, ao ler a nota, a senadora Maria do Carmo fez contato com Dilson e manifestou interesse de ser a mecenas que ele necessitava para fazer o livro andar. “Fiz isso por dois motivos importantes. Primeiro, por ter sido o doutor José Rollemberg Leite um dos maiores homens públicos de Sergipe e que precisa ter sua memória preservada. E, depois, por ter sido ele o responsável por colocar João na vida política e ter representado tanto para João”, diz a senadora Maria, fazendo referência ao esposo, o ex-governador João Alves Filho.

A senadora diz que vai discutir com Dilson Barreto se edita a obra por gráficas sergipanas ou pela Gráfica Oficial do Senado. “O importante é que façamos, e ele tem o meu compromisso de que vamos fazer o livro. Eu tenho excelentes memórias ligadas ao dr José Rollemberg Leite, como a de ele em nossa casa lá em Cedro, eu menina, e ele estimulando o meu pai a ser candidato a prefeito”, rememora a senadora.