Aparte
OPINIÃO – Mais respeito às diferenças
C34d3a97cbdbff65

[*] Vitor Déda

Não vou entrar a fundo no tema homossexualidade, porque confesso que não tenho tal propriedade, porém como ser humano tenho propriedade de falar sobre respeito.

Hoje, em pleno século XXI, precisamos exigir que as pessoas respeitem a opinião dos outros, respeitem o que para elas é bobagem ou frescura, mas para o irmão ao lado é sua felicidade.

O pouco que li foi para procurar ser o mínimo ignorante sobre o assunto. O gênero - masculino ou feminino - é como nascemos. Beleza? Agora daí vem o complicador de alguns que se dizem moralistas e vem perturbar o que é simples.

O ser humano do gênero masculino, por exemplo, pode se sentir homem e ter atração por homem ou se sentir mulher e ter atração por homem. Deu para entender? É simples. Isso significa orientação sexual.

Infelizmente, estamos retroagindo e o respeito, princípio básico de toda convivência humana, vem se perdendo. Mas vale lembrar que esse preconceito também parte de quem é homossexual, pois infelizmente alguns para serem aceitos na sociedade usam os mesmos argumentos dos que os insultam para pejorar a vivência de seus iguais. Infelizmente é a realidade.

Vivemos em uma sociedade carregada de preconceitos. E é essencial que possamos quebrá-los com orientação e, o mais importante, não aceitar tais preconceitos e exigir respeito.

Vale salientar que só citei o gênero masculino no texto por conta do machismo que está enraizado em nossa sociedade.

[*] É bacharel em Direito e acadêmico em Comunicação Social.