Aparte
Política cultural: Lula Ribeiro estará entre tops da MPB no #Emcasacomsesc
5e2e3ef7077ac332

Lula e seu eterno ídolo Caetano, sobre quem ele muito falará na Entrevista Domingueira do dia 5

A série de shows pelos canais do Sesc São Paulo na internet, pelo projeto Música #Emcasacomsesc, já ultrapassa a marca de 70 apresentações e uma audiência de mais de 2,8 milhões de visualizações nestes dois meses de programação.

A série Música #EmCasaComSesc está no ar desde 19 de abril com apresentações diárias de importantes nomes da música brasileira, nos mais variados estilos, sempre às 19h, e pode ser vista pelo Instagram (@sescaovivo) e no YouTube do Sesc São Paulo.

Nesta quinta, 2 de julho, a estrela dessa festa tem DNA sergipano: trata-se do cantor e compositor Lula Ribeiro, com quase 40 anos de carreira profissional e sete CDs e um DV na bagagem. Lula apresentará seu repertório autoral com foco em seu último disco, O Amor É Sempre Assim.

Lula vai fazer desfilar parcerias com grandes músicos, como Zeca Baleiro, Vander Lee e Alexandre Nero que estão no repertório dele, além de prestar homenagens a compositores já gravados por ele, como Luiz Melodia, Dorival Caymmi, Caetano Veloso e Paulinho Moska.

Pensado para ser uma celebração musical junto ao público em casa, o show de Lula Ribeiro traz ainda músicas de discos anteriores, como “Mercê de você”, “Te amo Aracaju”, “Congênito”, “Você não tava lá” e “Muito prazer”. O cantor se apresentará de casa, na cidade mineira de Brumadinho, onde mora. 

“Admito que é maravilhoso estar numa programação juntamente com pessoas como João Bosco, Adriana Calcanhoto, Zeca Baleiro, Fafá de Belém, Tom Zé, Sandra de Sá, Elza Soares, Chico César, Leila Pinheiro, Geraldo Azevedo, a dupla Fernanda Takai e John Ulhoa da banda Pato Fu, Roberta Sá, Paulo Miklos, Jards Macalé, Vanessa Moreno, Maíra Freitas, Ed Motta, Céu, Emicida, Dori Caymmi, Tulipa Ruiz, Toninho Ferragutti, Ná Ozzetti e André Abujamra, que são artistas que já fizeram ou que vão fazer a mesma programação ainda”, diz Lula.

“Vou estar lá como um artista de Sergipe, falarei sobre a minha terra e farei inclusive uma homenagem a Aracaju, cantando “Te amo Aracaju”. Estou feliz demais, e ainda mais pelo fato de ter sido o Sesc que me procurou para fazer parte da programação, sem que eu tivesse batalhado por isso. Foi um reconhecimento do Sesc e para mim está sendo motivo de muita honra e de orgulho”, diz o artista à Coluna Aparte.

Mais detalhes da figura pessoal e da obra de Lula Ribeiro poderão ser conhecidos no próximo domingo, quando ele será o convidado da Entrevista Domingueira do Portal JLPolítica e abrirá o coração num amplo papo sobre música, Sergipe e carreia.