Aparte
Jornalista sergipano disponibiliza PDF de livro que fala sobre falta de ar 
5e46df53d8fd526c

Iuri Rodrigues, à direita na foto: uma experiência marcante

Nesse momento crítico de quarentena social, o jornalista lagartense Iuri Rodrigues disponibilizou em PDF o seu livro “Um lugar para respirar”, recém-lançado. 

O premiado livro reportagem é o único no Brasil e retrata a rotina de quem espera por um transplante pulmonar na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. 

A espera, a angústia, as vitórias e o desespero são tratados no livro com muita emoção numa linguagem literária. “Esse foi meu primeiro livro. Convivi durante meses com pessoas carentes de respiração”, diz Iuri Rodrigues. 

“Foi uma tarefa que escolhi por questões de natureza pessoal, e retomo com esse assunto nesse momento de coronavírus porque acho necessário mostrar para as pessoas, através das palavras, como é doloroso viver em busca de ar”, reforça o jornalista.

Iuri Rodrigues diz que foi dura a rotina para a coleta do material que resultou na produção de “Um lugar para respirar”. “Nos encontros e nos acompanhamentos que fiz com os personagens, interrompia com frequência as entrevistas porque a sensação que eu tinha era de que as pessoas estavam morrendo afogadas em minha frente”, relata o jornalista. 

“E de fato muitos morreram. De lá pra cá, passei a cuidar mais da minha respiração, passei a ouvi-la. Sim, porque a gente não percebe que está respirando, só nos damos conta que respiramos quando estamos perdendo. E não é fácil viver procurando ar. Não é mesmo. Não tenho problema de pulmão. Nunca tive. Mas esse livro reportagem que escrevi me faz retomar o fôlego sempre. Até hoje não me recuperei dessa experiência. Não há nada pior na vida do que você procurar um lugar para respirar e não encontrar. Fiquem em casa, cuidem-se e cuidem dos outros”, recomenda.