YoutubeFacebookTwitterInstagram
Aparte
Author 4eb5c947b54eb69b
Jozailto Lima

É jornalista com 35 anos de experiência profissional. Antes do Cinform, trabalhou nos jornais Feira Hoje, Tribuna da Bahia, Jornal da Bahia, TV Subaé e Jornal de Sergipe.

Valadares Filho diz que duas chapas de oposição retiram Belivaldo do segundo turno
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
2538d61eb8c94523

Valadares Filho: “Eu não vejo nenhum benefício, em hipótese alguma, à candidatura do Governo em haver duas candidaturas na oposição”

O deputado federal Valadares Filho, PSB, disse nesta terça-feira, 6.2, que a existência de duas candidaturas ao Governo de Sergipe no âmbito da oposição aprofunda “ainda mais” as dificuldades eleitorais de Belivaldo Chagas, MDB, o pré-candidato oficial do Governo do Estado.

Pela lógica de Valadares Filho, as candidaturas dele e do senador Eduardo Amorim, PSDB, podem retirar a de Belivaldo de um segundo turno. “Num cenário de convergência de três candidaturas, acho possível que a do Governo fique de fora de um segundo turno. Isso é plenamente possível. Justamente pelo desgaste do Governo e por ela não ser uma alternativa. Isso é algo plausível”, sustenta a parlamentar.

Para Valadares Filho, é leitura “muito errada” imaginar que as duas candidaturas no reino das oposições ajudem os governistas no seu projeto eleitoral, por dividirem o voto de oposição. “Não favorecem jamais à situação. Porque elas serão mais uma alternativa para a população sergipana”, reforça.

“Eu não vejo nenhum benefício, em hipótese alguma, à candidatura do Governo em haver duas candidaturas na oposição. Isso pelo desgaste do próprio Governo e pela candidatura oficial dele não representar nenhuma alternativa positiva para a sociedade. Eu acho, enfim, que o Governo de Sergipe e seu candidato não conseguirão se beneficiar, em hipótese nenhuma, nesta eleição. Não vejo nenhum cenário que os contemple”, reforça Valadares Filho.

O prefeito de Estância, Gilson Andrade, PTC, admitiu que vai tentar trazer para o grupo de oposição o seu aliado político local, o empresário, ex-prefeito e ex-deputado estadual Ivan Leite, hoje no PRB, e marido da vice-prefeita Adriana Leite.

“Eu vou votar para deputada estadual na minha vice-prefeita Adriana Leite, que é a esposa de Ivan. Mas estou também trabalhando para que o PRB dele venha com a gente. Para que o PRB todo, todo mundo, venha conosco”, diz o prefeito estanciano.

Segundo Gilson Andrade, com Ivan “e todo o PRB na oposição” - o deputado Jony Marcos e ex-deputado Heleno Silva -, fica mais confortável para que ele trabalhe eleitoralmente por Adriana Leite, que é uma real chance de ele prover Estância de uma representação na Alese.

“Estando todos num mesmo palanque, facilita mais o meu apoio à minha vice-prefeita. Fortalece ainda mais a todos. É um agrupamento a mais para caminhar conosco”, diz. O que será que Ivan Leite acha disso? Leia na coluna Aparte de amanhã.