Aparte
Opinião – Renovação, por ti clama Nossa Senhora do Socorro!
424b2f63b0dc0d78

[*] Uilliam Pinheiro

Nossa Senhora do Socorro, nascida da acanhada Tomar da Cotinguiba sob o manto da padroeira que concedeu nome a essa província, se tornou uma grande cidade sergipana. Repleta de pessoas educadas e trabalhadoras que acordam cedo em busca de seu sustento.

A história marca as reviravoltas que essa freguesia travou para ser emancipada. Pois, uma hora pertencia ao Vale de Laranjeiras, outrora a Aracaju. Mas como povo aguerrido e de luta, em 1868 se tornou independente e dona de si mesma.

O tempo passou e a “independência” não fora completa. O novo mantra agora conhecido como Nossa Senhora do Socorro, cidade dormitório, pairava no ar e no sentimento do povo que desejava ver seu lugar desenvolver.

Aí chegamos no ponto: seus governantes até tentaram, mas a visão desses ainda é pequena dado à grandiosidade de ti, Nossa Senhora do Socorro, e não conseguiram te elevar a tal ponto.

Muitos a fizeram de palanque para seus projetos pessoais, outrora alegando que a transformariam em um grande centro industrial rompendo de vez a dependência da capital.

O seu povo acreditou várias vezes e se decepcionou com os tais. Contudo é preciso reconhecer que tu, Nossa Senhora do Socorro, cresceu um pouco mais dado ao seu carisma acolhedor que atraiu inúmeros imobiliários, forçando os gestores de plantão a sair de sua inércia habitual.

Mas esse processo reativo de gestão pública arcaica não combina com sua história de luta. Nossa Senhora do Socorro é terra boa, sim senhor!

Precisa de homens e mulheres que a honrem e deem o seu melhor. É preciso homens de palavra e que batam no peito e faça de ti, Nossa Senhora do Socorro, uma cidade resplendor.

Os emigrantes de outras cidade colaboraram com o seu valor. Mas agora é chegada a hora de um dos seus cidadãos assumir as rédeas do comando e fazer ti, Nossa Senhora do Socorro, uma cidade esplêndida e humana!

O seu povo não deve mais sofrer o descaso do tempo. Seu povo merece respeito e os mesmos nomes de sempre que a tanto te governam não compreendem tua imensidão. Muitos a usam para seus próprios proveitos.

Por isso é hora de clamar: renovação política, onde estais? Nossa Senhora do Socorro clama a tua presença para devolver o orgulho e o cuidado que o seu povo tanto almeja!

[*] Graduado em Ciências Econômicas, ativista social e cidadão de Nossa Senhora do Socorro.