Aparte
Opinião - Movimento Brasil200 presta contas de suas ações em Sergipe
103ca1fcbd25d72b

Lucio Flávio Rocha em evento em Sergipe com Joice Hasselman

[*] Lúcio Flávio Rocha

Depois de apoiarmos com muito orgulho nas últimas eleições em Sergipe o senador mais votado e o segundo deputado federal mais votado, Alessandro Vieira e Laércio Oliveira, respectivamente, ambos parlamentares com produtividade e relevância acima da média no Congresso Nacional, além da mobilização de apoio em torno da campanha do Presidente Bolsonaro, o núcleo do Movimento Brasil200 em Sergipe começou o ano de 2019 de forma bastante intensa.

Já no primeiro mês do ano, arregaçamos as mangas e nos unimos às entidades empresariais de Sergipe, especialmente a Associação Comercial e a Fecomércio, e lançamos por aqui o projeto Empregue+1, que foi ativado em todo o país.

O objetivo era tentar evitar a tendência de saldo negativo de empregos no primeiro mês do novo Governo. Janeiro é um mês natural de grandes demissões por causa do fim dos contratos temporários das vagas de Natal e haviam rumores que neste ano o número seria ainda pior por causa do efeito da “ressaca pós-eleições”.

Entendíamos que seria muito duro adentrar a nova fase de esperança do país com números ruins já no primeiro mês, especialmente em uma pauta tão relevante como “empregos”. Foi então que nos mobilizamos para convencer o máximo de empresários que apostassem num novo Brasil, fazendo o sacrifício da doação ou geração de pelo menos uma nova vaga em sua empresa no mês de Janeiro deste ano.

Vale ressaltar que este foi o projeto que levamos pessoalmente ao então candidato Jair Bolsonaro à época das eleições. Ele havia solicitado que não fizéssemos disto uma propaganda eleitoral e pediu que divulgássemos a ideia apenas depois de confirmada a sua vitória.

A adesão ao Empregue+1 foi surpreendente. Em todo o país, pessoas ligavam, gravavam vídeo e se manifestavam a favor do emprego, sem pedir nenhuma contrapartida do Governo, apenas numa aposta patriota de um futuro melhor. O resultado não poderia ser outro.

Conseguimos não apenas evitar o saldo negativo, mas também superar a nossa meta de abertura de um milhão de vagas. Segundo os dados oficiais do Caged - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados -, foram feitas em janeiro deste ano nada menos que 1,325 milhão de admissões. Foi o segundo melhor resultado dos últimos seis anos. Um golaço!

Em fevereiro fomos prestigiar, em Brasília, a posse dos parlamentares sergipanos que apoiamos, o deputado federal Laércio Oliveira e o senador Alessandro Vieira. Aproveitamos a ida à capital do país para visitar a sergipana de coração, ministra Damares Alves e o sergipano Davi Calazans, que também atua no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Ainda em fevereiro, realizamos um importantíssimo debate sobre Segurança e Armamento em um famoso clube de tiro da capital, onde lá defendemos o direito e a liberdade de defesa do cidadão brasileiro.

Em março, apresentamos à Câmara de Jovens Empresários da Fecomércio - Camaje -, o projeto chamado Sergipe Retomada, com objetivo de auxiliar o desenvolvimento econômico de Sergipe através do apoio às micro e pequenas empresas em situação de endividamento. Também em março trouxemos a deputada e líder do Governo Federal na Câmara, Joice Hasselman, para dialogar com parlamentares, com a classe empresarial e com formadores de opinião acerca da importância da reforma da Previdência.

Joice Hasselman é, sem dúvida, a maior defensora da nova Previdência no país. Ainda em março, nosso Estado participou do lançamento da Frente Parlamentar Brasil200 no Congresso Nacional, de apoio à livre iniciativa e o empreendedorismo. Por fim, neste mês, demos início ao nosso projeto social de apoio a mulheres em estado de gravidez inesperada, com distribuição de fraldas descartáveis para bebês de famílias carentes.

Em abril, lançamos a campanha de resgate do pequeno Gerard, filho da refugiada venezuelana Carolina Rojas. Através de doações, conseguimos passagens e hospedagens para trazê-lo aos braços da sua mãe que agora irá recomeçar a vida aqui em Sergipe. Neste mesmo mês, fizemos parte da comitiva que recepcionou a ministra Damares Alves na entrega de veículos para conselhos tutelares do Estado.

Também participamos da audiência pública sobre empreendedorismo feminino e do lançamento do grupo de Lideranças Empresariais - Lide - em Sergipe. Ao final deste mesmo mês, fomos em uma missão à Automec, maior feira de indústrias de autopeças, em São Paulo, para tentar trazer indústrias para se instalarem em Sergipe.

Nestes encontros, a resposta dos empresários era a mesma: “Assim que a reforma da Previdência passar, teremos mais segurança para este tipo de investimento”. Por fim, o Brasil200 fez parte do evento de lançamento da Frente em Defesa da Reforma da Previdência, pela Juventude Libertária de Sergipe.

Em maio, ajudamos a organizar um dos maiores eventos em defesa da vida e do nascituro, em Sergipe, que contou com a presença de renomadas autoridades de âmbito nacional e internacional: o Congresso Internacional em Defesa da Vida e da Família. Em sequência ao evento, realizamos uma audiência pública na Câmara de Vereadores com o mesmo tema.

Em maio também estivemos presentes apoiando o evento em defesa da reforma da Previdência, capitaneado pela Associação Comercial e apoiado pelas diversas entidades empresariais do Estado. Nele palestraram representantes do Governo Federal para esclarecer dúvidas acerca do tema.

Neste mesmo mês, realizamos o dia das mães solidário do Loteamento Bela Vista (Bairro Cidade Nova) e realizamos um produtivo encontro com o senador Alessandro Vieira, onde os integrantes do nosso Movimento puderam tirar as suas dúvidas e apresentar sugestões. Por fim, participamos junto com demais movimentos do famoso Blocão, da organização das manifestações do dia 26 de maio, que ocorreu no mirante da 13 de Julho.

No mês de junho, recebemos o deputado federal Laércio Oliveira num encontro para um bate papo junto aos integrantes do nosso grupo. Naquela ocasião, fomos convidados pelo deputado para participar de uma força tarefa em favor do desenvolvimento econômico de Sergipe.

Neste mesmo mês, também fizemos, juntamente com outros movimentos, uma desafiadora panfletagem de conscientização acerca da Reforma da Previdência no calçadão do centro de Aracaju. Foi lindo ver as pessoas mudarem de opinião a partir do momento que tinham acesso a informações verdadeiras, sem fake news.

Foi em junho que passamos a construir um plano de capilaridade para alcançar com maior profundidade as cidades do interior de Sergipe. Também pudemos consolidar o grupo de movimentos de Direita, apelidado de Blocão, conquistando adesões de novos e importantes integrantes. Foi exatamente este grande grupo que apoiou duas inéditas conquistas no ambiente da Universidade Federal de Sergipe: a criação de um grupo de estudos de liberalismo e a formação de um núcleo de professores liberais.

Foi também o nosso Blocão que organizou a belíssima e histórica caminhada patriota no último ato do dia 30 de junho em Aracaju, fechando assim o primeiro semestre com chave de ouro. No ano em que fizemos nosso primeiro aniversário, pudemos mostrar com muito trabalho e atividade que viemos para ficar.

O movimento, iniciado como um levante de empresários, hoje consegue ter a simpatia e engajamento de todos os setores da sociedade. Desta forma, avançamos fazendo história, certos da aprovação da tão importante reforma da Previdência, caminhando agora para discutirmos a tão importante reforma Tributária. E que venha o segundo semestre com a eminência do surgimento de um novo Brasil: um Brasil acima de tudo, com Deus acima de todos!

[*] É coordenador do Movimento Brasil200 em Sergipe. É empresário, formado em Comunicação Social com Habilitação em Publicidade & Propaganda e pós-graduação em Marketing.