Aparte
Como entrevistado de domingo, Milton Andrade dirá o que pensa para a política em 2020
B545fc5f08e84fb6

Milton Andrade: que a representação política seja composta de íntegros

No cenário político, Milton Andrade é um sujeito novo. Disputou apenas o Governo de Sergipe no ano passado. No empresarial, nem tanto: apesar de ter apenas 31 anos, ele vem uma família muito empreendedora, a de Seu Zé da Suprema, ele mesmo está deixando bons sinais na área e já demarcou terreno.

Hoje Milton está na coordenação do Fórum Empresarial de Sergipe. Filiado ao partido Novo, Milton Andrade é o Entrevistado do Portal JLPolítica deste domingo e não tem dúvidas de que vai investir na carreira política, apesar dos perigos iminentes que isso possa trazer ao empreendedor que há nele.

Milton admite que vai estar bem perto da sucessão de Aracaju no ano que vem. “Participarei ativamente da construção de uma opção nova de verdade para os aracajuanos. Atualmente coordeno o Fórum Empresarial de Sergipe e enquanto estiver nessa posição, não discuto participação minha, mas garanto que estarei, não necessariamente como candidato, ajudando na construção de bons nomes e boas propostas para a cidade”, diz.

Na Entrevista Domingueira, Milton vai emitir uma série de conceitos sobre gente que está na política, como Belivado Chagas, Jair Bolsonaro, Laércio Oliveira, Alessandro Vieira, Valadares Filho, Dr Emerson, entre outros – e nem sempre serão bons esses conceitos.

Para ele, como liberal, a atividade política exige uma nova gente. “Quero chegar ao ponto de a maioria de nossos representantes ser composta por pessoas íntegras e competentes. Chega de corrupção e incompetência. Meu projeto não é pessoal. Já me sentiria contemplado, mesmo não estando entre os eleitos, em ver mais gente como Alessandro Vieira e Emília Correa ocupando os espaços políticos”, diz ele. A Entrevista com Milton vai estar disponível às 20h deste sábado, dia 24 de agosto.