Aparte
Aelson defende reabertura gradual do comércio em Propriá
44184a48c539c53e

Aelson dos Santos: mais sensibilidade do Governo Municipal

Ciente do impacto econômico gerado pela pandemia do novo coronavírus, o presidente da Câmara Municipal de Propriá, Aelson dos Santos, PSD, defendeu na última quinta-feira, 28, a reabertura gradual do comércio no município.

O parlamentar destacou que, assim como São Paulo, o Governo de Sergipe já concluiu um plano de retomada da economia, com a possibilidade de abertura gradativa de mais segmentos comerciais.

“É necessário que o prefeito crie um grupo de trabalho para favorecer o desenvolvimento e a recuperação do comércio local. Propriá precisa de um norte”, disse Aelson, afirmando que esse grupo deve contar com membros das Secretarias de Indústria e Comércio e da Saúde, além de representantes da Câmara de Vereadores e comerciantes.

De acordo com o vereador, a situação dos feirantes que comercializam roupas e sapatos é uma das mais críticas. “Os feirantes da Tavares de Lima se enquadram no perfil de loja ou de feira? Afinal, as lojas estão abrindo dois dias na semana”, ressaltou Aelson.

O vereador enfatizou que aguarda um posicionamento da gestão municipal sobre o assunto. “A Prefeitura disse que não poderia contrariar o decreto estadual, mas já contrariou ao permitir a abertura das lojas dois dias na semana. É preciso que isso seja discutido com urgência”, frisou.

Em abril, a Câmara chegou a aprovar um requerimento, de autoria do presidente da Casa e do vereador Heldes Guimarães, que solicitava a flexibilização das ações de combate à Covid-19 para assegurar a retomada das atividades comerciais no município.

O pedido do Legislativo destacava também que Prefeitura deveria obriga os comerciantes a tomarem todas as providências devidas para evitar a proliferação do vírus e garantir a segurança dos funcionários e consumidores.