Aparte
Gustinho Ribeiro segura tese dos R$ 100 milhões obtidos pra Sergipe e ataca Fábio Reis 
1e660afd6e48d035

Gustinho Ribeiro: indisposto a trombar com Fábio Reis

“Eu diria que tive um ano de mandato muito positivo. Conseguimos algo em torno de R$ 100 milhões para o Estado de Sergipe”. Com estas informações, o deputado federal Gustinho Ribeiro, SD, sustenta esta tese, apesar de o seu colega deputado federal Fábio Reis, MDB, negá-la.

Fábio Reis diz que Gustinho arrebanha para si tudo quanto foi de recursos de emendas coletivas e de outros deputados e senadores, e coloca num mesmo pacote como se fosse exclusivamente dele. 

“Desse valor, aproximadamente R$ 40 milhões foram para a cidade de Lagarto. Embora o dinheiro não tenha sido todo liberado - isso incluindo emendas de bancada, emenda individual, recursos extras que a gente viabilizou”, aclara Gustinho.

E parte para o ataque do que tem dito Fábio Reis. “Quando o Fábio Reis desmente esse quantitativo, ele está totalmente equivocado e jogando politicamente. Ele não suporta é o fato de eu, em dez meses, ter superado ele em sete anos de Câmara Federal”, diz.

“Esta questão de Fábio Reis é algo muito complicado, porque ele não suporta, não se conforma com a nossa atuação positiva no Congresso. O que ele fez de bom para Lagarto, a não ser destinar mais de R$ 42 milhões para a Associação da família dele, que mantém o Hospital de Nossa Senhora da Conceição?”, provoca Gustinho.

“Mas devo dizer que eu não estou nem aí para o mandato dele, nem preocupado com o que ele fala do meu. Não estou preocupado com o que ele faz ou deixa de fazer. Estou preocupado é com o meu mandato, é em ajudar o meu Estado e o meu país como um todo - e o que o Fábio diz é problema dele”, reitera Gustinho.