Aparte
Reportagem Especial: em 164 anos, Aracaju mudou em diversas áreas
E47eae2df49845ab

Aracaju 164 anos: mudanças ao longo dos anos forjaram o que a cidade é hoje

Aracaju completa 164 anos neste domingo, 17 de março. Desde que foi criada, a partir do planejamento de Sebastião José Basílio Pirro, a cidade vem passando por processos naturais e propositivos de transformação. Aracaju, óbvio, já não é a Aracaju de 1855. 

Como é essa Aracaju, então? Que números e conceitos a fazem hoje? Esse é exatamente o tema da Reportagem Especial dessa semana que, a partir de áreas prioritárias, traz um panorama atual da Capital, que tem, por exemplo, um dos menores custos de vida do país.

“Isso se reflete em moradia, supermercado, transporte público, educação, esporte, lazer, estadia, bares e restaurantes”, afirma o economista Josenito Oliveira. Mas nem tudo são flores e, junto ao crescimento, Aracaju passou a enfrentar graves problemas, como o da - falta de - mobilidade.

“Esta expansão urbana foi marcada por carências de planejamento com uma visão integrada de cidade no tocante ao meio ambiente natural, à necessidade de equipamentos urbanos de fácil acesso, mobilidade, infraestrutura de saneamento básico e um projeto alicerçado ao funcionamento equilibrado da cidade”, avalia o arquiteto e urbanista Ricardo Mascarello.

A Reportagem Especial - que também ouviu especialistas dos segmentos de saúde, educação, cultura, etc - estará disponível mais cedo esta semana, no domingo, 17, a partir das 8h. Vale a pena a leitura.