Aparte
Tonhão vê condições de tomar Prefeitura de Nena de Luciano em Monte Alegre
16cd092ba6033fa6

Tonhão: intenção de tomar o mandato de Nena de Luciano

O ex-prefeito de Monte Alegre, Antônio Fernandes Rodrigues Santos, o Tonhão, PSC, admite que vai tentar retomar a Prefeitura da cidade ano que vem, enfrentando a prefeita Marinez Silva Pereira Lino, a Nena de Luciano, PRB, que lhe derrotou em 2016 na tentativa de reeleição. Ela obteve 4.504 votos - 49,45% dos válidos – e ele, 4.041. Ou 44,37%. Houve um terceiro candidato, o Dr João, com 563 votos, ou 6,18%.

Tonhão parte do princípio de que a gestão de Nena de Luciano é fraca, segue “fazendo as besteiras” e que, em virtude disso não será difícil desbancá-la, como ela fez com ele em 2016. “Uma gestão na qual falta médico para atender a população, que falta remédio e falta merenda escolar e transporte de qualidade é uma gestão que não está boa”, analisa Tonhão.

“Serei suspeito de qualquer forma, mas afirmo que o que ela está fazendo em termos de obras foi tudo o que já deixei em andamento. São com recursos de emendas parlamentares do ex-senador Eduardo Amorim e do ex-deputado André Moura. Continuo sendo adversário dela e, sim, estarei pronto”, diz, para traduzir sua disposição pro embate eleitoral de 2020.

Antônio Fernandes Rodrigues, o Tonhão, é um caro raro de política municipal: ele foi vereador por dois mandatos depois de ter sido prefeito da cidade. Nos pós-mandatos do Legislativo, voltou a ser prefeito de novo. Foi também presidente da Fames - Federação dos Municípios do Estado de Sergipe.

“O homem do espírito público dificilmente consegue ficar sem participar do processo eleitoral, principalmente quando acaba criando vínculos no meio político. Isso faz com que você esteja sempre colocando o nome à disposição do eleitorado, e ainda mais quando a gente já passa por duas vezes no comando do município e também por duas vezes ocupado o mandato de vereador. É inédito aqui no nosso município você ter sido prefeito e depois vereador por dois mandatos e retornar a ser prefeito”, diz Tonhão.

“Aí você acaba criando esse vínculo forte com a população”, reforça Tonhão. Aliás, “vínculo forte” não somente “com a população”, mas com a classe política. Agora mesmo ele está solapando por dentro o grupo que elegeu Nena de Luciano prefeita. “Hoje estamos na reformulação do grupo com a participação do ex-prefeito Aragão e esposo da vice-prefeita atual em um só projeto para 2020”, diz. A vice-prefeita é Maria Valdirene Andrade Aragão e o marido dela é João Vieira de Aragão, de bom prestígio na esfera municipal.