Aparte
Opinião – Derrame de óleo nas praias pode ser de propósito para comprometer a Petrobras
F9e08aeff882a02c

[*] Edivaldo Soares Leandro

Pela primeira vez em 66 anos de sua gloriosa história, a Petrobras, empresa que mais cresceu e desenvolveu tecnologia de petróleo no mundo, totalmente capacitada para localizar, identificar, isolar, recolher, armazenar, tratar e aproveitar todo e qualquer tipo de óleo em qualquer ambiente, seja aquático, florestal ou urbano, não está sendo protagonista nesses eventos de aparecimento de borra de petróleo nas praias nordestinas.

Vale lembrar, antes de emitir qualquer tipo de opinião, que esses eventos acontecem no mesmo momento em que o Governo Federal patrocina um verdadeiro desmonte de campos, reservas e unidades operacionais e administrativas da Petrobras no Nordeste, região onde as praias foram atingidas.

Dessa vez, inexplicavelmente, vários órgãos e pessoas sem conhecimento e experiência no assunto, a exemplo do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, do ministro do Meio Ambiente, e dos presidentes da Petrobras e da República, tomaram a inciativa, embora tardia, de tentar dar uma resposta.

Mas, a propósito disso. nunca vi tantas informações equivocadas, inócuas, inverídicas e de forma totalmente atabalhoada. Importante ainda salientar que esse tipo de borra de petróleo em questão é totalmente desprovida de qualidade de octanagem, parecendo resultado de um petróleo que estava estocado há muito tempo, tornando-se apenas essa massaroca de parafina, onde dificilmente serviria pra qualquer operação de estocagem ou refino.

Levando em conta que os presidentes da República e da Petrobras são a favor da privatização dessa companhia, tendo este último afirmado na imprensa nacional que seu grande sonho era ver a Petrobras desestatizada, não fica difícil imaginar que tudo isso pode ser uma grande ação orquestrada desse governo no sentido de manchar a imagem da Petrobras para justificar sua entrega ao capital privado internacional.

[*] É técnico em Química presidente do Sindipetro AL/SE - Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros, Petroquímicos, Químicos e Plásticos nos Estados de Alagoas e Sergipe.