Aparte
José Carlos Machado tenta atrair Antonio Samarone pro DEM. Será?
B67f0384c541f31e

Samarone e Machado, dois itabaianenses engalfinhados em conversa política: pode sair tudo ou nada

Uma foto ainda vale mais que mil palavras? Então esta aí, com Antonio Samarone de Santana sendo catequisado por José Carlos Machado, é da família dessa quantificação. Vamos à tradução dela.

Machado leu aqui, nesta Coluna Aparte, que Antonio Samarone tem pretensões de disputar, mais uma vez, um mandato de vereador este ano em Aracaju e, então, não perdeu tempo - confira as intenções de Samarone aqui na nota Antonio Samarone admite disputar de novo Câmara de Aracaju; mas tem muitos senões.

Sim, Machado não perdeu tempo e caiu pra cima do conterrâneo itabaianense, oferecendo-lhe o DEM para o projeto de candidatura. E o fez em plena praça pública - essa imagem que tem os dois em primeiro plano é um encontro que os itabaianenses de Aracaju fazem todas as quintas-feiras na Praça Luciano Barreto Júnior, no Garcia.

Veja pela foto como Samarone, um cabra que teve dois mandatos de vereador de Aracaju pelo PT, andou pelo PDT e está atualmente no Cidadania, é todo ouvidos. Prece meio hipnotizado pelo velho Machado bom de gogó - lembre-se que, além de ter sido deputado estadual e federal, vice-governador e vice-prefeito de Aracaju, Machado está presidente da Executiva Provisória do DEM de Sergipe, e quer engrossar o caldo da agremiação.

A imagem foi compartilhada pelo próprio Machado. “No encontro semanal que acontece na Praça Luciano Barreto Júnior (Confraria dos Itabaianenses), conversei sobre política com o amigo Samarone. Conhecendo sua disposição para concorrer às eleições de 2020 em Aracaju, o convidei para ingressar no DEM. Vamos aguardar”, escreveu Machado numa mensagem compartilhada com esta Coluna.

Bem, se fosse num tempo em que se fazia política com ideologias mais orgânicas e menos estressadas, como as de hoje, talvez esse “vamos aguardar” de Machado ao convite a Samarone não tivesse lá muita significação. Mas hoje...

De qualquer modo, é bem provável que o DEM não seja uma estação na qual Samarone gostasse de estacionar o seu projeto. É bem expressiva a afirmação do Samarone na nota referida na abertura desta nota aqui.

Veja o que ele dissera: “ainda estou avaliando qual é o projeto de Prefeitura e de Governo Municipal que corresponde ao que eu penso da vida pública. Eu não estou procurando um emprego. Estou procurando uma atividade política”, disse ele. Talvez o projeto do DEM não caia bem.