Aparte
Tito Magno: “Estamos preparados para vencer as eleições”
091e6f49d0c3bb2e

Tito Magno: “Estamos preparados para vencer as eleições”

A aliança entre o PSOL e o PSB de Estância para a sucessão municipal de 2020 é algo considerado quase certo e fechado, esperando apenas os momentos regulatórios para que isso se materialize e dê numa chapa com Márcio Souza, PSOL, candidato a prefeito, e Tito Magno, PSB, candidato a vice.

“Não tenho a menor dúvida de que com esta chapa nós ganharemos a eleição em 2020 em Estância, porque Gilson Andrade não terá a menor chance frente a essa nossa aliança. As pessoas em Estância estão certas de que é chegada a vez de Márcio”, disse a esta Coluna Carlos Magno, pai do vereador Tito Magno e ex-deputado estadual, ex-deputado federal, ex-prefeito de Estância por dois mandatos e marido Daisy Garcia, que foi também prefeita por dois anos.

Uma eventual chapa com Márcio Souza e Tito Magno enfrentaria uma outra montada pelo prefeito Gilson Andrade, sem partido - e possivelmente uma montada pelo grupo de petistas. Tito Magno, 38 anos, administrador de empresas, que em 2000 completa 12 anos de vereança em Estância - são três mandatos seguidos de vereador obtidos em 2008, 2012 e 2016 -, pensa como o pai.

“A convenção será em julho de 2020. Mas estamos a passos largos nesta caminhada juntos com Márcio Souza. Há grandes chances de esses passos largos virarem uma caminhada de verdade, com o PSB indicado o vice, que poderia ser eu. Sou um dos nomes, com a probabilidade de ser o indicado”, afirma Tito.

Pragmático, Tito Magno não aposta numa ruptura entre Gilson Andrade e o ex-prefeito Ivan Leite, esposo da vice-prefeita Adriana Leite. “Na minha opinião, acho que Gilson caminhará com Ivan e Ivan com Gilson. Eu não acredito numa ruptura entre eles”, diz Tito.

“Os dois fazem essa espécie de intriga agora, mas na hora H vão estar juntos. Para nós, o fato de eles estarem unidos não representa preocupação nenhuma. Nós estamos preparados para isso e para vencer as eleições”, diz o vereador.