Aparte
Em Canindé, três nomes disputam oficialmente candidatura a prefeito pelo PT
F0c8794dbcaeb20d

Até o momento, dr. Galdino, Rildo Joaquim e Alex Feitosa são os três pré-candidatos

Se em Aracaju o Partido dos Trabalhadores já definiu seu candidato a prefeito, em Canindé de São Francisco, o PT ainda vive uma incógnita. Até o momento, oficialmente, três nomes se predispuseram a disputar a eleição: Galdino Carvalho, o dr. Galdino, Rildo Joaquim Carvalho da Silva, o Rildo Joaquim, e Alex Feitosa.

Seguindo o estatuto do Partido dos Trabalhadores: “a gente vai estar, naturalmente, escolhendo, definindo em plenária quem vai ser o candidato oficial”, informa Edmilson Balbino Santos Filho, conhecido por Missinho Balbino, 39 anos, presidente do PT em Canindé.

De acordo com Missinho - que assumiu a Presidência do PT em Canindé em 2019 -, todo esse interesse em torno do partido na cidade é fruto de uma grande mobilização de filiação. “Fizemos uma ação em massa desde o ano passado. De lá para cá, conseguimos mais do que dobrar o número de filiados. Hoje são 640, e a expectativa é de chegar a 800 até o final de julho”, explica.

O presidente afirma que há um quarto pré-candidato em jogo. “Na janela de troca de partidos entre 5 de março a 3 de abril, irá se filiar ao PT de Canindé um vereador sem partido que pretende colocar seu nome também à disposição da sociedade”, afirma. 

Enquanto não revela o nome do quarto pré-candidato, Missinho explica quem é quem nesse jogo político do PT em Canindé – os três postulantes à candidatura a prefeito entraram recentemente no partido.

Defensor público com 35 anos de experiência, dr. Galdino é ex-vereador de dois mandatos e irmão do ex-prefeito Jorge Luiz Carvalho. “Ele saiu do PP e chegou agora no PT, fruto do trabalho forte de filiação”, informa Missinho. Segundo ele, Galdino tem afinidade e aproximação com João Daniel e Rogério Carvalho, mesmo na época do Progressistas.

Já Rildo Joaquim é o atual secretário de Obras, Serviços Públicos e Planejamento da Prefeitura de Canindé e agricultor no Município. “Rildo também tem uma afinidade com João Daniel. Ele veio para o PT no final do ano passado”, informa o presidente.

Terceiro nome na disputa, Alex Feitosa é filho do ex-prefeito Chiquinho Feitosa e sobrinho da ex-prefeita Rosa Maria. “Alex é de uma família tradicional da política daqui de Canindé. Filiou-se agora ao PT, vindo do PSOL”, informa Missinho.

Segundo o presidente, além de Galdino, Rildo, Alex e do quarto nome misterioso, o PT de Canindé está aberto para a chegada de mais pré-candidatos a prefeito. “Vamos decidir o candidato de forma democrática, como nosso estatuto define”, reforça.

“O PT tem um projeto para Canindé que não pode ser o projeto que deixou a cidade neste caos que está. Tivemos aqui momentos em que a arrecadação era enorme, volumosa, mas com dívidas grandes demais”, finaliza Missinho.