Aparte
"Os menores vencem os maiores”, avisa Toinho de Dorinha, em referência a chegada de Iggor Oliveira, de Poço Verde, a PSD
D7ac0c03509e03f0

Toinho de Dorinha, PSB, tenta acessar a Prefeitura através da esposa Edna

A chegada do prefeito de Poço Verde, Iggor Oliveira, ao PSD, o partido do governador Belivaldo Chagas, não abala, em nenhum momento, a futura candidatura de Edna Maria Silva Freitas Dórea, a Edna de Toinho de Dorinha, PSB, à prefeita do Município na eleição deste ano.

Quem afirma isso acima é o esposo de Edna, o ex-prefeito do Município de Poço Verde, Toinho de Dorinha, PSB, que tenta acessar a Prefeitura Municipal mais uma vez nesta eleição de 2020.

Na última segunda-feira, 20, Iggor se filiou ao PSD em ato bem concorrido, que contou com a presença do governador, do deputado federal Fabio Mitidieri, dos deputados estaduais Maísa Mitidieri e Dilson de Agripino, do secretário de Governo de Estado, José Carlos Felizola, entre outras figuras políticas de Sergipe e das redondezas de Poço Verde.

O ex-prefeito - que ocupou a Prefeitura de Poço Verde em dois mandatos - compara o cenário político em que se encontra com a história bíblica de Davi e Golias. “O menores vencem os maiores. E eu já tenho experiência nisso. Ganhei eleição para prefeito com o Governo e ganhei sem Governo. Eu venci com o governador João Alves apoiando um candidato contra mim e venci com o governador Marcelo Déda”, relata.

Diante de suas experiências e confiante na vitória, Toinho não crê que a união de Iggor com o bloco do Governo do Estado colocará perigo na campanha de Edna. Para o ele, a esposa tem tudo para desbancar o atual prefeito. “De jeito nenhum. Pelo contrário. A gente continua firme e sem abalo nenhum. Fortalece-nos mais ainda. Temos o propósito de trazer de volta a alegria e o desenvolvimento para Poço Verde”, afirma.