Aparte
Alex Henrique e o projeto de ser o candidato único dos Teles de Mendonça
64313548a44ddb77

Alex Henrique: sonhando o sonho da política

Em Itabaiana, tudo é política. Dentro ou fora dos ciclos de eleições. Sempre, em cada esquina desta grande e diferente cidade, tem alguém arquitetando planos políticos. Nessa condição, se encontra agora o radialista Alex Henrique Souza Pereira, PP. Embora ele próprio não se assuma pré-candidato a nada.   

Ou será que Alex Henrique nunca saiu dessa situação? Ligado aos Teles de Mendonça, trabalhador da comunicação da emissora dessa família - a Rádio Capital do Agreste -, em 2016 ele bateu na trave na disputa por uma vaga na Câmara Municipal itabaianense.

Obteve 1.567 votos. Com menos votos do que Alex, três itabaianenses pularam a janela do Legislativo e chegaram ao Poder: Escovinha, MDB, com 1.368 votos; Marcos Oliveira, PTC, 1.194, e Virtuozo do Abrigo dos Animais, SD, com 822.

Alex Henrique foi à eleição pelo grupo dos Teles de Mendonça, mas disputando com outro representante do mesmo agrupamento, que já dispunha inclusive de mandato e tentava a reeleição. Era Roosevelt Santana, PSB, que obteve 1.774 votos. Também bateu na trave, e não fez o gol do mandato.

Os dois, juntos, o obtiveram 3.341 votos. Um excelente desempenho para ficarem os ambos chupando dedo. Roosevelt Santana não faz mais parte do grupo dos Teles. Resiliente, Alex resistiu - foi, inclusive, secretário de Comunicação de Itabaiana nos meses em que a vice-prefeita Carminha Mendonça sucedeu o prefeito Valmir Monteiro.

E, em nome da família Teles de Mendonça, Alex é um calo seco no sapato da gestão Valmir. Ele é, sim, um pré-candidato a vereador, mas chega horas em que tem devaneio de ser um nome da família Mendonça para disputar até a Prefeitura Municipal em 2020. Nem tanto, nem tanto.

“Com o rompimento do agrupamento (ele quer se referir a Valmir de Francisquinho), eu foi o único profissional do quadro jornalístico a permanecer na emissora de José Teles de Mendonça, irmão da deputada Maria Mendonça, e estou sempre na linha de frente em defesa do projeto e da história de Chico de Miguel”, diz de si mesmo Alex Henrique. Será um pedido de que lhe apoiem?

De forma sutil, Alex anda empinando o mesmo bodão “Me ajude!”, de 2016, ainda que não confirme com todos as letras a pré-candidatura. Mas no entorno dele, há quem aposte que “o radialista dos Teles” será o vereador mais bem votado no próximo pleito. Será? Ele é âncora no horário nobre da emissora e tem excelentes índices de audiência. Pelo bem ou pelo mal, é ouvido por todos os agrupamentos políticos.