Aparte
Zé Nilton ficará fora da disputa de Pirambu, mas Niltinho topa a parada
40a36c3ab8316573

José Nilton Barreto, o Niltinho: “Eventual mandato meu seria 100% limpo de corrupção”

O ex-prefeito de Pirambu de 2009 a 2012, José Nilton de Souza, MDB, admite que ficará de fora, pessoalmente, da disputa pela sucessão municipal dali no ano que vem. “De fora, pessoalmente”, é um modo de dizer, porque indiretamente Zé Nilton vai estar na disputa.

“Eu sou um pré-candidato a prefeito de Pirambu. Tenho dito isso aos amigos da cidade, mas temos um monte de pré-candidatos e vamos decidir ainda quem será o nome definitivo. Digo que sou um deles”, afirma José Nilton Barreto, o Niltinho, advogado de 40 anos, filiado ao MDB e filho do ex-prefeito.

Niltinho, que atua em três áreas do direito - civil, trabalhista e tributário – e é um tenista por divertimento, tem planos para a gestão da cidade. “Eu tenho muitas ideais para uma gestão em Pirambu. Uma delas, que eu boto entre as principais, é a de colocar todas as crianças no esporte, e de fazer com que Pirambu seja um município conhecido por esta atividade”, afirma Niltinho.

Para Niltinho, Pirambu está necessitando de um choque de gestão. Ele deprecia profundamente a que é feita pelo prefeito Elinho Martins, PSC. “A cidade não está nem administrada, quanto mais bem. Não se tem administração pública em Pirambu. Eu diria que Pirambu está um caos. É uma cidade totalmente abandonada”, revela.

Da gestão de Zé Nilton, o pai, Niltinho não tomou parte. Cuidava de um restaurante e de um hotel da família em Aracaju. Ele vive da advocacia, nunca disputou uma eleição, mas vê a atividade política com bons olhos. “A política, quando cumpre seu objetivo legal, é uma atividade muito boa. É sempre um instrumento de realizações. Mas como ela está hoje em dia, não me agrada, porque a maioria dos políticos entra na política só para corromper. Disso eu não gosto. Da minha parte, garanto que um eventual mandato meu seria 100% limpo de corrupção”, diz o pré-candidato.