YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Economia
Author d2b9819a6448dffc
Saumíneo Nascimento

Saumíneo Nascimento é economista, bancário de carreira pelo BNB e diretor-Executivo do Grupo Tiradentes. 

Número de acidentes de trânsito diminui em Sergipe
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
B98b812df72523c0

Nos últimos 5 anos, verificou-se uma constante redução no número de acidentes

Com o crescimento das cidades e a forte migração das pessoas do meio rural para o meio urbano, o uso de veículos e a intensidade de locomoção cresceu bastante. Em consequência, os acidentes de trânsito passaram a ser uma realidade nas cidades brasileiras, em especial nas capitais. Neste breve ensaio, apontarei alguns dados estatísticos dos acidentes de trânsito em Sergipe, com base em números disponibilizados pelo Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe – Detran/SE.

No acumulado deste ano de 2019 até o momento (janeiro até outubro), já ocorreram em Sergipe 719 acidentes de trânsito, uma média mensal de quase 72. O mês de agosto foi o que teve o maior número de acidentes, com 89 ocorrências - 76 via boletim dos fatos e 13 via Companhia da Policia Rodoviária Estadual. O mês com o menor número de ocorrências foi setembro, com 62 delas.

Analisando o horário de maior intensidade das ocorrências, verifica-se que o período de 19h às 23h59 tem uma média de mais de 19 acidentes, sendo o pico. Por outro lado, das 11h às 12h59, temos a menor ocorrência de acidentes - a média é de quase sete. Ainda com relação aos horários das ocorrências dos acidentes de trânsito, vale registrar que foi em maio que tivemos a maior média no horário das 19h às 23h59 - 27 deles. Diferentemente, em junho, no horário de 7h às 8h59, tivemos uma média de 2.

Analisando a semana, os dias em que ocorrem o maior número de acidentes de transito em Sergipe são sábado (média de 12,5) e domingo (média de 12,2). Já na quarta-feira, temos a menor média de acidentes, aproximadamente 8. Do ponto de vista de curiosidade, em março, os sábados tiveram a maior média de acidentes do ano (18), porém foi nas terças-feiras do julho (mês de férias) em que tivemos maior média de ocorrências de acidentes de trânsito (21).

Nessa minha abordagem, a melhor notícia é a de que nos últimos 5 anos, verificou-se uma constante redução no número de acidentes de trânsito em Sergipe. Em 2015, foram 1.712 acidentes; em 2016 ocorreram 1.351 (redução de 21,08%); em 2017, deram-se 1.227 acidentes (redução de 9,17%); em 2018 foram 1.104 (redução de 10,02%). Se analisarmos o acumulado de acidentes até setembro (onde já temos o mês completado), com setembro de 2018, verificaremos uma redução de 16,07% no número de acidentes - até set/2018 tivemos 840 acidentes de trânsito em Sergipe e em 2019 até setembro foram 705. Então, deveremos concluir o ano de 2019 com um menor número de acidentes de trânsito do que em 2018.

A educação no trânsito e a melhoria da sinalização de trânsito são fatores fundamentais para evitarmos prejuízos financeiros, econômicos e de vidas que se perdem no trânsito sergipano - conforme disposto no próprio site do Detran de Sergipe aponta que “o Código de Trânsito Brasileiro define sinalização de trânsito como sendo um conjunto de sinais de trânsito e dispositivos de segurança colocados na via pública com o objetivo de garantir sua utilização adequada, possibilitando melhor fluidez no trânsito e maior segurança dos veículos e pedestres que nela circulam”.

Assim, estão de parabéns os guardas e todos os profissionais que trabalham na orientação do trânsito, bem como os condutores de veículos por estarmos com essas estatísticas de redução de ocorrências. Que continuemos cada vez mais reduzindo os acidentes de trânsito em Sergipe e que possamos ter uma sociedade melhor.