YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Mulher
Author fbd5d65740160840
Tanuza Oliveira

Jornalista desde 2010, com formação pela Unit e atuação em veículos impressos e em assessorias de comunicação em Sergipe. É repórter Especial do JLPolítica desde 2017.

Georlize Teles, mas pode chamá-la de Senhora Pioneira
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
9f09b55842d18a77

Atualmente secretária da Defesa e Cidadania de Estância, Georlize foi responsável por criar a Secretaria e o primeiro Procon do interior do Estado

Primeira mulher a apitar futebol em Sergipe. Uma das primeiras mulheres a ocupar uma vaga num Tribunal de Justiça Desportiva. Uma das primeiras delegadas mulheres, primeira mulher secretária de Segurança Pública, primeira mulher secretária de Justiça em Sergipe... O pioneirismo, com certeza, está cravado na vida da delegada Georlize Teles.

Segundo Georlize, todo esse pioneirismo em Sergipe é mera coincidência. Coincidência mesmo ou competência? Ou melhor, vontade de mostrar que a mulher é tão capaz e competente quanto os homens em diversas áreas dominadas por eles?

“As pessoas acham que, de até certo modo, eu busquei (o pioneirismo). Mas as coisas apareciam. Eu queria fazer. Eu nunca me preocupei se era coisa de homem ou de mulher. Sempre achei que podia fazer tudo, e fui fazendo. Para mim, na realidade, existem coisas que as pessoas querem fazer com responsabilidade, compromisso e comprometimento. E sempre gostei de fazer minhas coisas assim. Nunca fui morna. Ou sou quente ou sou fria”, relata.

“Quando eu apitei futebol, diziam que era coisa de homem. Mas eu dizia que não. “Isso é coisa de quem quiser fazer”. Fui lá e fiz. Quando fui ser delegada, lembro que disseram que só tinha vaga na Delegacia da Mulher, porque só a Delegacia da Mulher era coisa de mulher. Mas eu disse: “Não. Não tem isso”. “Aí fui ser a delegada, justamente, de homicídios”, relembra Georlize.

Atualmente, Georlize tem como missão de vida comandar a Secretaria da Defesa Social e Cidadania Municipal de Estância. E neste órgão, o pioneirismo dela também teve vez. Coube a ela criar a Secretaria no ano de 2017.  “Estou na Prefeitura de Estância desde janeiro de 2017, mas assumi mesmo a Secretaria no mês de agosto, pois, até então, ela não existia. Foi criada”, informa Georlize.

De acordo com Georlize, trata-se de uma Secretaria muito ampla e plural. Foi através da pasta, por exemplo, que Estância se tornou o primeiro município do interior do Estado a ter Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor - Procon.

“Na Secretaria são dias intensos de trabalho, porque a nossa Secretaria tem o viés defesa social, que tem a ver com a questão da segurança pública, como a Guarda Municipal, e o viés da cidadania, como o Procon e a defesa do consumidor. Temos também a Defesa Civil, a SMTT”, explica Georlize.

Segundo ela, diariamente são aplicadas diversas ações pela Secretaria. “Trabalhamos com ações que possam dar efetividade ao exercício da cidadania. Por exemplo, na Guarda Municipal temos o Guardiões da Paz, com este projeto fazemos palestras em escolas, associações falando sobre bullying, violência doméstica, violência mulher, drogas, sempre procurando ouvir a comunidade”, informa.