YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Mulher
Author fbd5d65740160840
Tanuza Oliveira

Jornalista desde 2010, com formação pela Unit e atuação em veículos impressos e em assessorias de comunicação em Sergipe. É repórter Especial do JLPolítica desde 2017.

Irmãos Mitidieri atuam para proteger mulheres durante pandemia
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
8f57e7ccbf7cdea9

Fábio e Maisa: mulheres precisam ser defendidas durante pandemia

“Nesse momento difícil que o mundo atravessa, onde precisamo ficar em casa para nos proteger e proteger o próximo, algumas pessoas sofrem ainda mais. Estou falando das mulheres vítimas de violência doméstica”. A fala é do deputado federal Fábio Mitidieri, PSD, que apoiou a aprovação, na semana passada, do pedido de urgência do PL 1291/2020.

O Projeto de Lei estabelece formas remotas de denúncias para as mulheres vítimas de violência durante a pandemia de Covid-19, obrigando o atendimento a todos os pedidos de socorro durante estado de emergência. Além disso, o mecanismo cria aplicativos virtuais gratuitos para serem acessados por celulares, institui um número telefônico gratuito de âmbito estadual e permite que Medidas Protetivas de Urgência previstas na Lei Maria da Penha sejam solicitadas online.

A expectativa é de que o projeto seja votado nas próximas sessões. “A violência contra as mulheres não pode continuar”, diz Fábio. “Está comprovado que ao ficar mais tempo em casa, o agressor se torna ainda mais violento, muitas vezes, devido ao consumo excessivo de álcool. É por isso mesmo que o PL 1291/2020 é tão importante”, acrescenta.

Segundo Fábio, a família Mitidieri sempre defendeu as mulheres. A irmã e também deputada, em âmbito estadual, Maisa Mitidieri, preside a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher na Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe e também segue criando ferramentas na proteção delas.

“Nós estamos, na maioria das vezes, na linha de frente de nossas famílias e isso faz com que em momentos como esses, a nossa exposição seja maior. Devemos assim trabalhar para minimizar tais impactos. Eu e toda a rede de apoio à mulher seguiremos atentos e trabalhando em prol dessas mulheres que se encontram em estado de vulnerabilidade”, diz a deputada. 

Ela protocolou a Indicação n° 180/2020, a ser encaminhada ao Governador do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas, e a Moção de Apelo nº 23/2020 ao Secretário de Segurança Pública do Estado de Sergipe, João Eloy, para que sejam intensificadas ações para aumentar a defesa da mulher e fortalecer o combate à violência doméstica, no contexto da pandemia do Covid-19.