YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Mulher
Author fbd5d65740160840
Tanuza Oliveira

Jornalista desde 2010, com formação pela Unit e atuação em veículos impressos e em assessorias de comunicação em Sergipe. É repórter Especial do JLPolítica desde 2017.

MDB Mulher quer paridade de gênero e já visa eleições do próximo ano
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
84b7336491e573fd

Acácia Calazans: MDB Mulher quer avançar ainda mais na pauta feminina

O Núcleo Feminino do MDB, o MDB Mulher, já está se movimentando em torno da atração de futuras candidatas para as eleições municipais do próximo ano. A informação é de Acácia Calazans, presidente do MDB Mulher em Sergipe, que falou à Coluna sobre esse momento importante para o Diretório.

“Nossa gestão tem o compromisso de fortalecer o núcleo feminino, incentivar as mulheres a participarem da política, fazer um trabalho de empoderamento, não só, mas também em torno das eleições”, afirma Acácia Calazans.

Para isso, o partido tem apostado em eventos – como o que ocorre amanhã, 31, com todas as filiadas – e no trabalho corpo a corpo com mulheres que demonstram interesse e aptidão para a política. “Temos o “Mulheres em Movimento”, que visa incentivar que elas disputem mais espaço na política, a começar pelas eleições do próximo ano”, reitera.

Empoderar sempre e cada vez mais é o lema de Acácia e, consequentemente, do MDB Mulher. “Trabalhamos com várias bandeiras, entre elas a da ampliação do mercado de trabalho para as mulheres, para o direito à saúde, etc. Tudo isso com ações padronizadas com projetos nacionais, como ocorre em todos os Estados”, ressalta.

Em Sergipe, o MDB conta com 3 prefeitas, 4 vices e algumas vereadoras espalhadas por todo o Estado, número que, para Acácia, precisa ser ampliado. “Ainda acho que precisamos preencher essa lacuna. Estamos vendo avanços, os números vêm aumentando, mas estamos muito distantes de uma paridade”, alerta.

“Por isso a preocupação do MDB Mulher em incentivar mais candidaturas femininas de forma responsável e legal. Nós entendemos que por sermos mais criteriosas, cuidadosas e mais comprometidas com o que fazemos, nossa atuação na política é mais evidente do que a do homem”, resume Acácia.

Acácia foi vereadora por dois mandatos em Rosário do Catete. Depois disso, foi convidada pelo então governador Jackson Barreto para assumir o núcleo feminino, onde está até hoje. Ou seja, ela conhece bem esse cenário político que vai na contramão do dito popular e tem mais qualidade do que quantidade.