YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Mulher
Author fbd5d65740160840
Tanuza Oliveira

Jornalista desde 2010, com formação pela Unit e atuação em veículos impressos e em assessorias de comunicação em Sergipe. É repórter Especial do JLPolítica desde 2017.

Mulheres fazem toda a diferença na gestão pública de Itabaiana
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
498ce5ce131bd207

Mulheres estão em postos-chave na administração pública de Itabaiana 

No dia 1º de dezembro, um domingo de sol escaldante em Itabaiana, duas obras foram inauguradas pela Prefeitura da cidade - uma praça e uma creche. Na cerimônia de entrega da segunda, a senadora Maria do Carmo, DEM, responsável pela liberação dos recursos no Governo Federal para a construção da unidade de ensino, mostrou-se impressionada pela qualidade da gestão e das obras, e fez uma análise pertinente.

“Com tantas mulheres na administração, só podia resultar em sucesso”, disse a senadora. A Coluna Política & Mulher parou para avaliar a fala da senadora e, assim, constatou que, de fato, Itabaiana tem uma prefeitura cheia de mulheres em postos-chave da administração pública.

E, com os bons resultados que Sergipe inteiro tem visto, a opinião de Maria do Carmo ganha força. Vamos lá com números: são 18 secretarias na estrutura da gestão sob o comando do prefeito Valmir de Francisquinho, PL. Delas, sete são comandadas por mulheres.

“Quem conhece minha administração e conhece meu jeito sabe que prezo pela competência acima de qualquer coisa. É meritocracia acima de tudo. E é inegável que as mulheres têm capacidade de gestão, tanto isso é verdade que boa parte de nossas Secretarias têm mulheres no comando”, registra o prefeito Valmir de Francisquinho.

E, para o prefeito, isso tem um resultado prático, transformador mesmo. “É uma pena que existam diferenças salarias entre diferentes gêneros na iniciativa privada. Já na gestão pública, como é o nosso caso, isso é impossível de acontecer. O salário de uma secretária é o mesmo de um secretário. Mais uma vez o que vale é a competência”, garante o prefeito.

Vale registrar quais são as secretárias que ajudam Itabaiana a desenvolver uma das gestões mais exitosas de Sergipe. Na pasta de Desenvolvimento Social, a secretária é Osanir Costa; na Secretaria de Obras, Urbanismo, Infraestrutura e Serviços Públicos, Deilza de Assis; como secretária de Educação, Rose Mary das Chagas; a secretária de Planejamento, do Desenvolvimento Sustentável e do Meio Ambiente é Edilene Barros; na Secretaria de Saúde, está Mara Rúbia; como secretária de Finanças e também interina de Administração e Gestão de Pessoas, Sandra Santana; na Controladoria Geral, Joselita Batalha.

Mas outros postos de comando importantes estão a cargo delas, como a Gerência do Gabinete do prefeito a cargo de Aída Reis; a Tesouraria municipal a cargo de Micaele Santos, além do fato de Andréia Machado, procuradora concursada do município, já ter ocupado a Procuradoria Geral na atual gestão.

Isso sem contar que áreas como Desenvolvimento Social, Educação e Saúde, além de terem em suas fileiras de servidores mais mulheres, são secretarias que desde o início da gestão de Valmir são ocupadas exclusivamente por mulheres: o Desenvolvimento Social teve Lourdes Machado, que era vice no primeiro mandato de Valmir, como secretária. Depois o comando da hoje secretária de Educação, Rose Mary; e atualmente segue com comando feminino a cargo de Osanir Costa.

Na Educação, nova tríade feminina: primeiro a atual vice, Carminha Mendonça; depois Matilde Santana; até a atual titularidade de Rose Mary das Chagas. E finalmente na Saúde, Andreia Reis; depois Carla Mendonça e, atualmente, Mara Rúbia.

“No caso dessas secretarias específicas, claro que a atenção, o cuidado no trato, o senso de defesa da vida e de respeito às pessoas, fazem a diferença. E as mulheres, sem sombra de dúvida, têm um esmero maior nesses pontos. Não que um homem não possa ter também. Mas as mulheres têm e, como o sucesso dessas secretarias fala por si, fazem a diferença positiva”, avalia o prefeito itabaianense.

ELAS POR ELAS

Deilza de Assis é formada em Engenharia Civil e Pedagogia. Considera-se uma apaixonada por Itabaiana, ao ponto de nunca ter tido o interesse de conhecer outras cidades do país. “Ser filha de Itabaiana pra mim é um orgulho. Para mim, não existe cidade melhor do que essa”, garante.

Há cinco anos Deilza de Assis foi surpreendida por um convite: “Em uma manhã, Valmir me chamou urgente em seu gabinete. Quando cheguei, ele me entregou a nomeação e me disse que a partir daquele dia eu seria a secretária de Obras. No momento, eu não quis, porque não me achava preparada para o cargo. Mas o prefeito Valmir me convenceu”, lembra Deilza. 

Com uma postura forte e determinada, e até mesmo “brava”, como ela mesmo se caracteriza, Deilza conduz uma equipe com mais de 800 servidores municipais, com predominância do sexo masculino. A condição de ser mulher em um cargo de chefia não a intimida. “Eu mantenho uma relação muito amigável, de afeto e de respeito com todos. A equipe me conhece bem e sabe que quando o assunto é trabalho eu sou muito exigente”, diz Deilza. 

Hosanir Costa conquista pelo jeito simples e carinhoso de tratar as pessoas. Talvez por isso o irmão Valmir de Francisquinho a tenha escolhido para assumir a pasta de Desenvolvimento Social. Considera-se formada pela vida.

Hosanir Costa casou-se jovem e tem três filhos: Michel, 30, Thyerisson, 25, e Camilly, 16.  A força para o trabalho? “Herdei de meus pais, que lutaram na roça e nas bancas da feira, vendendo carne de porco”, responde Hosana, como é mais conhecida. 

Quando o irmão a convidou para ser secretária, em 2015, Hosana se questionou. “Será que é possível para mim?”, lembra. “Mas ainda assim aceitei o desafio. Tudo era muito novo. Mas com o tempo, muita prática e colaboração dos colegas de trabalho, todo o medo de gerir uma secretaria desapareceu. Conhecer meu potencial como gestora só reforçou o meu gosto de servir ao outro e me provou que não há barreiras quando se tem vontade de trabalhar e de fazer o bem ao outro, independente de ser homem ou mulher”, constata Hosana. 

O lema de Rose Chagas é “não se faz Educação sem amor”. Encarar os desafios de uma das secretarias mais importantes, burocráticas e intensas do município, ela tira de letra, modéstia à parte. Aliás, são mais de 30 anos atuando em Educação.

Esta é a terceira vez que Rose assume a Secretaria Municipal de Educação de Itabaiana. “Sempre digo que liderança se dá pelo exemplo, não apenas pela palavra. Assumir esse cargo mudou a minha vida, mesmo tendo experiência. Não deixo de ampliar a minha visão de mundo. Quanto ao fato de ser mulher em cargo de direção, nunca precisei mudar minha postura para exigir respeito”, garante Rose.

Formada em psicologia e em advocacia, Edilene Barros, secretária do Planejamento, do Desenvolvimento Sustentável e do Meio Ambiente, aceitou o desafio de comandar a pasta motivada pelo amor que tem pela natureza e pelas leis ambientais.

“Fiquei contagiada em saber que podemos fazer muito pela natureza e, o principal: que precisa ser feito agora, pelo bem da humanidade. Entrei com um olhar e sairei com um novo estilo de vida. Gratidão pelo convite e pela oportunidade de ampliar os conhecimentos”, diz ela.

De dona de casa à secretária de saúde. Assim se resume o último ano de Mara Rúbia, a de Saúde. Mas o lar não foi o único alicerce da vida profissional de Mara. Ela já atuou na Educação e Comunicação Estadual, na Casa Civil e na Prefeitura de Socorro. Formada em Pedagogia, área, diga-se, bem diferente da atual, Mara diz que tem dado conta do recado.

“O aprendizado tem sido contínuo. É uma pasta dinâmica e muito robusta, porque não só lida com gestão de pessoas como também de recursos financeiros. Mas tem sido gratificante atuar como secretária, tanto para o lado pessoal quanto profissional”, constata Rúbia. 

A contribuição da liderança feminina em Itabaiana pode ser medida pelo destaque da gestão no âmbito do Estado. Em obras, Itabaiana vence pelo quantitativo. Na saúde, o município tem conquistado espaços que nem mesmo capitais tem conseguido, como a adesão ao PlanificaSuS - projeto de Planificação da Atenção à Saúde, organizado pelo Hospital Israelita Albert Einstein. Pela primeira vez, o município adota programa de coleta seletiva.

O cuidado do município com as crianças da primeira infância ganhou, recentemente, o reconhecimento nacional do Ministério da Cidadania. Já na Educação, Itabaiana está entre as cinco cidades de Sergipe com o maior Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - Ideb. Precisa dizer mais alguma coisa sobre o poder da mulher no comando de secretarias municipais de Itabaiana?