YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Mulher
Author fbd5d65740160840
Tanuza Oliveira

Jornalista desde 2010, com formação pela Unit e atuação em veículos impressos e em assessorias de comunicação em Sergipe. É repórter Especial do JLPolítica desde 2017.

Presidente do MDB Jovem quer ampliar participação da juventude no debate político
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
878ac2df43866f5f

Luana: "Meu objetivo é colaborar com o que gosto de chamar de democratização do acesso à política"

Luana Maria Costa Oliveira é o nome por trás da Presidência da Juventude MDB, ala jovem do partido. Ela é, inclusive, a única mulher a presidir um diretório estadual da sigla no país.“O MDB de Sergipe está à frente. A nova direção está demonstrando que realmente tem a intenção de estar atualizada com a sociedade”, diz Luana, que esteve em Brasília na última semana para participar de um evento do partido.

“Participei de encontro realizado pelo MDB Mulher Nacional intitulado “Mulher, Política e Cidadania”. Além disso, participei também de encontro na Fundação Ulysses Guimarães com dezenas de Jovens Aprendizes do nosso estado”, revela.

O projeto é coordenado pela Mafra e é conhecido como “Aprendiz Integrado”, por buscar capacitar o jovem para a inserção em seu primeiro emprego. “É justamente isso que a nossa gestão está buscando: projetos de cunho técnico-científico que possam atingir o maior número possível de jovens no Estado de Sergipe”, afirma Luana.

O MDB, segundo ela, dispõe de uma ferramenta que proporciona o avanço na esfera acadêmica com cursos, seminários e palestras, que é a Fundação Ulysses Guimarães. “E a JMDB de Sergipe está se esforçando para colocar em prática estas ações. Nossa ida à Brasília teve como objetivo traçar metas de interação entre a Mulher e a Juventude com a política, além de buscar desenvolver também estratégias que nos permitam avançar academicamente no debate público do estado”, ressalta.

Luana é advogada e pós-graduanda em Administração Pública pela PUC/MG e assumiu a JMDB em 25 de julho deste ano, durante a Convenção Estadual do partido, realizada em um hotel com a presença da ala jovem do MDB e do atual presidente em exercício do partido no Estado, o ex-deputado Sérgio Reis.

As atribuições dela no partido são ousadas. “Nosso trabalho deverá ser o de tentar resgatar o nome do antigo MDB. O MDB de pessoas como Pedro Simon e Ulysses Guimarães. O partido que redemocratizou o país”, diz. Para isso, Luana promete atuar para levar essa mensagem de nível nacional e a alternância de poder gerada internamente no partido, bem como para executar a iniciativa de jovens na inserção do debate público.

“Inclusive, incluindo encontros quinzenais/mensais com a juventude do partido, assim como com pessoas que não tenham filiação partidária, mas que desejam participar dos centros das discussões e antes não tinham o espaço que desejamos promover na nossa gestão na JMDB”, destaca.

Apesar de participar de eventos políticos desde muito cedo, Luana nunca se candidatou a um cargo eletivo. “Neste momento, meu objetivo é colaborar com o que gosto de chamar de democratização do acesso à política. Nosso trabalho será voltado à quebra das barreiras entre o jovem e o político, entre o jovem e a política em si. Fazer a política ser simples. Mas a candidatura é sempre acarretada pelo cenário do momento. Por enquanto, não é a minha intenção”, admite.

Luana ressalta que é a primeira vez que assume uma missão como esta e diz que a aceitou porque, além de acreditar no desempenho técnico e político da nova diretoria estadual do partido, sabia que encontraria pessoas que, assim como ela, sentem o coração pulsar quando o assunto é a boa política.