YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Negócios
Author f2775e4c231e1ff7
Maria Tereza Andrade

Maria Tereza Andrade é jornalista, graduada pela Unit em 1995, com experiência em veículos de comunicação em Sergipe e no Brasil. No JLPolítica é gestora de Relacionamento. 

Feira de Sergipe retorna em novo espaço e inova com polo gastronômico
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
Df0835e317437f2c

Feira de Sergipe: cultura, tradição e bons negócios

Bons negócios, cultura, turismo e entretenimento marcam a Feira de Sergipe, que inicia na próxima terça-feira, 14, e prossegue até dia 26, sempre das 16 às 20h.  O projeto chega este ano a 20ª edição e traz novidades. A começar pelo espaço: da Orla de Atalaia, onde tradicionalmente ocorria, aportará no Parque da Sementeira, hoje um dos principais pontos para eventos culturais desse tipo.

Com a nova estrutura do Parque da Sementeira, a ideia é ampliar ainda mais o conceito do evento para atender um público maior. Com a mudança, oferecerá uma programação ainda mais extensa ao ar livre, garantindo acessibilidade e segurança aos visitantes. Serão 125 estandes de exposição, além de espaço kids, praça de alimentação e palco para shows.

Realizada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresa em Sergipe  - Sebrae/SE -, a Feira de Sergipe busca difundir o artesanato, a cultura e os pequenos negócios do Estado, criando um ambiente favorável para os empreendedores divulgarem e comercializarem seus produtos. Também quer garantir uma alternativa de entretenimento para sergipanos e turistas.

Durante os dias do evento, o rico artesanato surge em suas múltiplas tipologias: rendas, bordados, palha, cerâmica, tecidos, linhas e madeira. Há também shows diários com a participação dos principais grupos artísticos e folclóricos, que encantam o público com a força da sua tradição.

COZINHA DA TERRA

Uma ação inédita na Feira Sergipe 2020 é a integração do Polo Gastronômico de Sergipe, que hoje conta com a participação de 20 empresas do setor. A iniciativa faz parte do um projeto do Sebrae Nacional, Food Experience, que tem como público alvo os pequenos estabelecimentos de alimentação fora do lar.

O projeto é definido por pequenos negócios da área da gastronomia, buscando valorizar o empreendedorismo local, a culinária regional e os talentos da terra.

Db8f316447b37eebRenda irlandesa: arte popular presente na Feira de Sergipe

A Feira de Sergipe faz parte do calendário oficial de eventos do Estado e da capital. Tem a parceria permanente do Governo do Estado e da Prefeitura de Aracaju. Para acompanhar melhor esta edição, confira a programação e aproveite. Entrada gratuita.

14/01 -Terça-feira
16h – Batalhão São Pedro (Santo Amaro)
17h – Burundanga Percussivo
18h – Abertura Oficial (Carlos Moreno)
19h – Quadrilha Junina Século XX (Aracaju)
20h – Casaca de Couro

15/01 – Quarta-feira
17h – Samba de Coco São Benedito (Socorro)
18h – Reisado do Mestre Juarez (Itaporanga)
19h – Quadrilha Junina Rala Rala (Maruim)
20h – Zé Rosendo e Marluce

16/01 – Quinta-feira
17h - Reisado de Marimbondo (Pirambú)
18h – Odir Caius e o Choro Forrozado
19h – Quadrilha Junina Massacará de Carmópolis
20:00 – Jailson do Acordeon

17/01 – Sexta-feira
16h – Samba de Coco da Barra dos Coqueiros
17h – Cacumbi do Mestre Deca de Laranjeiras
18h – Gladston Rosa Forrozeando
19h– Quadrilha Junina Pioneiros da Roça
20h – Skama de Peixe

18/01 – Sábado
16h – Eitcha Cia de Teatro – Os Saltimbancos (Infantil)
17h – Bacamarteiros do Pov. Aguada (Carmópolis)
18h – Felipe Sandes e Os Penetras
19h – Quadrilha Junina Xodó da Vila
20h  – Chiko Queiroga e Antônio Rogério

19/01 – Domingo
16h – Reisado Mirim da Mafuá (Infantil) Grupo Los Mendonça (Animação Infantil)
17h – Samba de Pareia (Pov Mussuca)
18h – São Gonçalo do Amarante (Pov Mussuca)
19h – Quadrilha Junina Balanço do Nordeste 20:00 – Joba Forró Ralacoxa

20/01 – Segunda-feira
17h – Reisado Estrelinha do Nordeste (Pov. São José)
18h – Caceteira do Rindú (São Cristóvão)
19h – Quadrilha Junina Encantabaião
20h – Forró Xamego da Gonzaga

21/01 – Terça-feira
17h – As Lavadeiras da cidade de Lagarto
18h – Batucada Buscapé (Estância)
19h – Quadrilha Junina Peneirou Xerém
20h – Lula do Acordeon

22/01 – Quarta-feira
16h – Reisado N. Senhoras das Graças (Poço Verde)
17h – Quadrilha Junina Xodoneca de Itaporanga
18h – Fumo de Gasto
19h – Quadrilha Junina Meu Xodó (São Cristóvão)
20h – Robertinho dos Oito Baixos

23/01 – Quinta-feira
16h – Batalhão São José de Rosário do Catête
18h – Grupo de Pífano Pilão de Pife
19h – Quadrilha Junina Unidos em Asa Branca
20h – Andrezinho o Moral

24/01 – Sexta-feira
16h – Reisado 12 Estrelinhas (Rosário do Catête)
17h – Cia de Arte Mafuá- Reseiros
18h – Karmen Korreia
19h– Quadrilha Junina Amor Caipira (Capela)
20h – Os Três Muleques do Forró

25/01 – Sábado
16h – César Leite “Palhaço Sempre Palhaço” (Infantil) Pernas de Pau de Aracaju (Infantil circulando)
17h – Grupo Parafusos de Lagarto
18h – Joésia Ramos
19h– Quadrilha Junina Balança Mais Não Cai (Itabaiana)
20h – Sergival Sergipano

26/01 – Domingo
16h – Cia Teatral Risos e Lágrimas (Infantil)
17h – Cacumbi do Mestre Batinga de Japaratuba
18h– Reisado Baile Estrela (Moita Bonita)
19h – Quadrilha Junina Assum Preto
20h – João da Passarada

Fotos: Alfredo Moreira/Agência Sebrae de Notícias