Politica & Negócios
Mattel investe em sustentabilidade e produz brinquedo com matéria-prima renovável
25e346c6d5037dfb

Pirâmide de Argolas é o primeiro produto da Mattel feito a partir de materiais sustentáveis

A Mattel pretende utilizar materiais plásticos 100% reciclados, recicláveis ou bio-baseados em seus produtos e embalagens até 2030. O primeiro brinquedo da fabricante que será alinhado ao novo objetivo é a icônica Pirâmide de Argolas de Fisher-Price, agora feita de plásticos à base de cana-de-açúcar, uma matéria-prima renovável, e embalado em material 100% reciclado ou de origem sustentável.

Ao simplificar a matéria-prima do brinquedo, ele também poderá ser totalmente reciclado, o que elimina resíduos e permite que o material seja recuperado e reaproveitado.

A Mattel obtém 93% do papel e fibra de madeira, utilizados em suas embalagens e produtos, de conteúdo reciclado ou do Forest Stewardship Council – FSC -, superando sua meta de 2018, que era 90%. Além disso, a empresa adotou o rótulo How2Recycle, um sistema de rotulagem padronizado que comunica as instruções de reciclagem ao público.

No final de 2019, a Mattel criou um Conselho de Sustentabilidade Ambiental composto por uma equipe de líderes multifuncionais da companhia. Agora, esse time está dedicado em  promover ativamente ações de sustentabilidade da empresa em várias áreas, incluindo a inovação de materiais.

"A sustentabilidade ambiental é uma prioridade corporativa na Mattel e a criação de produtos e embalagens sustentáveis é uma parte importante do nosso compromisso com o planeta", diz Ynon Kreiz, presidente e CEO da Mattel.

"Nossa equipe multifuncional fez da sustentabilidade uma prioridade em todo o processo de design e produção de produtos e embalagens. Hoje, oficialmente iniciamos nosso compromisso com o meio ambiente ao anunciar o primeiro produto feito a partir de materiais sustentáveis. Estamos ansiosos para expandir nossos esforços para todas as marcas da Mattel", pontua Ynon Kreiz