YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Negócios
Author f2775e4c231e1ff7
Maria Tereza Andrade

Maria Tereza Andrade é jornalista, graduada pela Unit em 1995, com experiência em veículos de comunicação em Sergipe e no Brasil. No JLPolítica é gestora de Relacionamento. 

Romaria de Senhor dos Passos fortalece vocação de São Cristóvão para o turismo religioso
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
D3411c9ed38a6ef2

Cerca de 50 mil pessoas devem visitar São Cristóvão durante a romaria

A partir desta sexta-feira, 6, a cidade de São Cristóvão será o núcleo da fé católica com a Romaria de Nosso Senhor dos Passos. A atividade religiosa prosseguirá até domingo, 8, no Centro Histórico, e reunirá milhares de fieis e turistas - a estimativa dos organizadores é a de que cerca de 50 mil pessoas circulem pelo município durante o evento.

Apesar de ser um evento realizado pela comunidade, a Prefeitura de São Cristóvão acompanha todo o processo de organização e dá o suporte estrutural, preparando a cidade para receber os fieis e os turistas que a visitam durante os três dias da atividade.

O prefeito Marcos Santana destaca a importância da romaria nos aspectos aspectos religioso e cultural, e lembra, ainda, o movimento positivo da atividade econômica durante os dias do evento, tanto no segmento de serviços e comércio - formal e informal -, quanto no de turismo.

Para Marcos Santana, a Festa de Passos é um momento de comunhão e acolhimento,  mas também da efetivação de uma política de gestão que aglutina e fortalece os setores da economia, da cultura e do turismo - neste caso, o turismo religioso, uma das grandes apostas da gestão dele.

 “A gente compreende a importância da Festa de Passos no aspecto religioso e para além dele, já que é um evento que atrai visitantes e gera emprego e renda para a nossa cidade. Por isto, a prefeitura trata a romaria - assim como as demais festas religiosas que temos - com todo o cuidado, o acolhimento e a logística necessária. Todos aqueles que visitam São Cristóvão têm que se sentir acolhidos e com vontade cada vez maior de voltar ao nosso município”, argumenta Marcos Santana.

74a6addb04224ce2Marcos Santana investe no turismo religioso como programa de governo

Em São Cristóvão, o movimento já foge à rotina desde o início da semana, quando a Prefeitura de São Cristóvão abriu o cadastramento para os vendedores ambulantes que desejam comercializar na Romaria de Nosso Senhor dos Passos.

De acordo com o coordenador de Espaços Públicos da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos - Semsurb -, Rafael Pereira, a prefeitura ampliou neste ano o espaço para atender uma maior quantidade de ambulantes.

 “Nós teremos um espaço maior em relação ao ano passado. Em 2019, disponibilizamos cerca de 530 metros e agora serão 720 metros, o que aumenta o número de ofertas de vagas”, informa Rafael Pereira.

Os espaços disponíveis para comércio são: rua Tobias Barreto, Praça da Matriz e seu entorno, Ladeira da Prefeitura e Ladeira da Praça da Bíblia - o cadastro segue até o próximo domingo, das 9h às 14h, na sede da Semsurb (Praça Getúlio Vargas, nº 18 - Centro Histórico).

Ainda conforme Rafael Pereira, a distribuição das vagas ocorrerá por ordem de inscrição, ou seja, os próprios comerciantes poderão escolher em qual parte dos espaços disponibilizados a sua barraca ficará localizada.

“Assim que o interessado preencher o formulário e efetuar o pagamento ele tem direito de escolha, de acordo com a ordem de chegada. Nós apresentamos o mapa com os locais disponíveis e ele irá selecionar o número referente ao espaço demarcado para receber as barracas”, explica Pereira.

Para Marcos Lima, que integra a equipe de organização da Romaria de Nosso Senhor dos Passos, há um aumento no número de pessoas chegando à cidade já a partir da noite de sexta, quando os fieis partem dos Capuchinhos em direção à cidade.

“São fieis de várias partes do Estado que se preparam para ficar na cidade. São Cristóvão estará de portas abertas para receber todas essas pessoas, para juntos congregarmos esse momento de fé”, convida Marcos Lima.

 ORIGEM

A Romaria começou depois do resgate da imagem de Senhor dos Passos, no Rio Paramopama. Segundo o historiador Thiago Fragata, relatos dos séculos de XIX, escritos pelo memorialista Serafim Sacramento, contam que um pescador encontrou um caixote de madeira com a descrição: ‘À cidade de Sergipe Del Rey’. O caixote teria naufragado juntamente com a embarcação que o conduzia.

A imagem original de Senhor dos Passos está na Igreja do Carmo Menor e divide o altar com Nossa Senhora da Conceição. A imagem original só sai na Quaresma para participar da Romaria.

“O pescador atracou a embarcação no porto e levou o achado para o primeiro templo que encontrou, que foi o Convento da Ordem Carmelita, entregando a imagem aos cuidados de um frade. O memorialista detalhou a imagem como sendo de roca, articulado com traços europeus”, diz Fragata.

Confira a programação completa da Romaria de Nosso Senhor dos Passos.

Fotos: Prefeitura de São Cristóvão