YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Negócios
Author f2775e4c231e1ff7
Maria Tereza Andrade

Maria Tereza Andrade é jornalista, graduada pela Unit em 1995, com experiência em veículos de comunicação em Sergipe e no Brasil. No JLPolítica é gestora de Relacionamento. 

SaúdeWeb: mais eficácia e menos burocracia na relação entre profissionais e pacientes 
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
D7f8542f0252fb4c

André Haji: conectando profissionais de saúde e clientes

Nesta quinta-feira, 31, foi lançada em Aracaju a SaúdeWeb, uma ferramenta on line que busca aproximar pacientes e profissionais da área.  Para isto, oferece, por exemplo, mais de cem especialidades no segmento de saúde, possibilidade de pagamento na própria plataforma e consultas com hora marcada.

“A saúde é uma demanda infinita, e essa relação entre os profissionais e os pacientes precisa ser cada vez mais próxima. Nosso objetivo é suprir essa demanda”, argumenta o CEO da SaúdeWeb, André Haji. 

A nova plataforma funciona como uma rede - eficaz, rápida e desburocrática - que interligará, gradativamente, todas as regiões do país. Tem na cota de investidores o empresário sergipano Emanuel Oliveira, que terá os estados da Bahia e de Sergipe sob sua responsabilidade.  

Para conhecer um pouco mais sobre a SaúdeWeb, a Coluna Política & Negócios conversou com o CEO André Haji, que, com orgulho, destaca o ineditismo de o sistema ter como base central o Estado de Sergipe.

 “Acredito que seja a primeira plataforma global com sede em Aracaju. Temos em outros estados da federação nossos representantes locais, mas a sede da SaúdeWeb é o Estado de Sergipe”, ressalta André Haji. Confira os detalhes do projeto na breve entrevista. 

Política & Negócios - De que preocupação nasce a SaúdeWeb? 
André Haji -
Da preocupação de aproximar cada vez mais profissionais de saúde e pacientes, tornando essa relação mais rápida, com um sistema de busca eficaz e, ao mesmo tempo, trazendo para os pacientes e profissionais mais informação e otimização de tempo. A saúde é uma demanda infinita, e essa relação entre os profissionais e os pacientes precisa ser cada vez mais próxima. Nosso objetivo é suprir essa demanda. Importante entender que a SaúdeWeb se preocupa com a saúde como um todo, por isso, temos todas as especialidades - não apenas médicos, mas nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, enfermeiros, odontologia. 

Política & Negócios - Esta plataforma está mais preocupada com os profissionais de saúde ou com os pacientes? 
AH -
Não existe uma única preocupação em nossa plataforma. Todo o desenvolvimento, ao longo desses três anos, teve como premissa a preocupação com o sistema de saúde como um todo - os profissionais não existem sem pacientes e vice e versa. O foco tem que ser global, holístico, e nossa plataforma é omnychannel. Pacientes poderão fazer busca por profissionais de saúde, a qualquer dia e hora, sobre qualquer especialidade.

Política & Negócios - Além dos profissionais e das especialidades, o que mais os pacientes encontram nessa busca? 
AH -
Encontram informações importantes dos profissionais, como formação, que tipo de atendimento fazem, qual o valor de suas consultas. E terão atendimento com dia e hora marcada, não precisarão ficar aguardando ordem de chegada e os blocos de atendimento. Eles saberão, no momento da aquisição da consulta, o dia, a hora e o local, podendo, inclusive, receber em sua casa o atendimento de um profissional de saúde. 

3af470b71eeb77a2Um almoço nesta quinta reuniu a imprensa para o lançamento da SaúdeWeb

Política & Negócios - E para os profissionais de saúde, quais as vantagens? 
AH -
Profissionais de saúde terão menos tarefas administrativas, pois sua agenda estará disponível e serão vistos por mais pessoas. Estarão com mais disponibilidade para se concentrar somente em suas aptidões e atividade fim, que é o atendimento ao paciente. Além disso, não terão mais cancelamentos de consultas, nem tampouco consultórios lotados. Até o ano de 2022 deveremos ter mais 50 mil novos profissionais de saúde no mercado, que poderão contar com uma poderosa ferramenta de busca e marcação de consultas. Hoje, os profissionais de saúde têm muitos problemas em suas agendas, com pacientes que marcam consultas e faltam. É para compensar isso que fazem o atendimento por blocos, com ordem de chegada. Isso ruim para o profissional e para o paciente. 

Política & Negócios – Essa preocupação com o profissional e com o paciente é o principal atrativo da SaúdeWeb? 
AH -
A SaúdeWeb tem por atrativo ser uma ferramenta simples e clara, que traz ao paciente toda a informação necessária para contratar uma consulta. Para o profissional de saúde, é uma forma de se tornar mais conhecido e com menos burocracia. Nosso slogan é Conectado com você - e esse é o nosso objetivo, conectar profissionais de saúde e clientes. 

Política & Negócios – O seu centro de irradiação é Sergipe, ou tem base em outro Estado da federação? 
AH -
Optamos por montar a Saudeweb em Sergipe, estabelecemos nossa base aqui. Acredito que seja a primeira plataforma global com sede em Aracaju. Temos em outros estados da federação nossos representantes locais, mas a sede da SaúdeWeb é o Estado de Sergipe, na cidade de Aracaju. 

Política & Negócios - Qual foi o investimento e quantos empregos SaúdeWeb podem gerar? 
AH -
Nossos investidores não divulgam valores, mas foram alguns milhares de dólares. O desenvolvimento de nossa plataforma envolveu três países: Brasil, Índia e Estados Unidos. Em nosso planejamento, estima-se que podemos gerar mais de 30.000 novos empregos nos próximos anos no Brasil, considerando um market share de 14% do mercado de profissionais de saúde.